Especiais

A hora da lição de casa não precisa ser uma batalha!

Se o momento da lição de casa é uma batalha diária, mas nós temos as soluções

selo_seminario_oficial
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

PARENTS_FOTO (3)

(Foto: Shutterstock)

Depois de sete horas na sala de aula, é difícil a maioria das crianças entre 6 e 8 anos ter disposição para se sentar e ainda fazer a lição de casa. Em vez disso, vão preferir brincar com os amigos, participar de atividades depois da escola ou, simplesmente, se jogar em frente a TV.

Porque é preciso encarar: tarefas podem ajudar a criança a aprender, mas muitas vezes a hora de fazer o dever de casa pode se tornar uma batalha.

“As crianças nessa idade estão numa fase de aceitação das suas próprias responsabilidades,” diz Cathryn Tobin, autora do livro “Soluções inteligentes para problemas de comportamento e disciplina dos filhos” (em tradução li)vre. “E muitas delas estão mais preocupadas mais com a socialização do que com a escolaridade.”

Anúncio

FECHAR

Então, não fique surpresa se o seu filho se queixar com a sua cota diária de trabalho. Mas isso não precisa ser uma fonte de estresse. Algumas estratégias elaboradas pela revista norte-americana “Parents” vão fazer dos estudos algo mais fácil para os dois:

1. Comece com um lanche

Não espere que o seu filho tenha foco quando ele está com o estômago vazio. É sempre bom ter uma lanchinho saudável e uma garrafa de água por perto.

Dicas para que a lição de casa não seja um tormento

9 tarefas que você pode delegar

2. Estabeleça uma rotina

Peça para o seu filho sugerir um horário regular para fazer a tarefa diariamente. Mas é essencial ter um plano reserva para aqueles dias em que ele tem algum curso ou pratica esporte.

3. Ajude a criança a se organizar

Estabeleça uma área de estudos que poderá incluir uma mesa, lápis apontados e borrachas, dicionários infantis, e pastas coloridas para separar as diferentes matérias. Deixe o seu filho fazer a tarefa na mesa da cozinha se ele quiser. Apenas verifique que ele fará tudo independentemente do que tirar vantagem da situação para fazer milhares de perguntas.

4. Coloque o seu filho no comando

O propósito mais importante da tarefa é ensinar ao seu filho a responsabilidade de completar uma atividade sozinho. Enquanto é bom oferecer alguns lembretes gentis (“Lembre-se que você tem tarefa de matemática e redação para quarta”), é importante não discutir com o seu filho.

5. Descongestione a agenda dele

Se o seu filho tem muitas atividades extracurriculares, ele encontrará problemas para fazer a lição de casa. Ele também tem que ter tempo live, o que é importante para melhorar o pensamento criativo.

Por que as mães nunca terminam suas tarefas?

Dicas para que a lição de casa não seja um tormento

6. Seja um modelo  

Tenha como objetivo trabalhar ao lado dele, seja verficando o seu e-mail ou pagando contas. Tenha consciência de que terá uma aplicação prática na vida dele.

7. Mantenha-se positivo

Valorize o trabalho bem feito do seu filho e não reaja negativamente aos seus erros. Por exemplo, sobre exercício de soletração: Quando ele te pedir para você cobrá-lo com as palavras soletradas, diga “ótimo” toda vez que ele conseguir uma certa. Se ele errar, diga “quase”, soletre da forma correta e fale para ele fazer de novo.

8. Dê orientação e não as respostas

É legal auxiliar o seu filho com a tarefa, mas nunca faça isso por ele. Isso retira da criança o instinto de arriscar e faz.

O tema “criança rei x birra: qual o caminho do meio” será abordado pela jornalista Melinda Blau no nosso Seminário Internacional “Mãe também é gente”, que ocorrerá dia 15 de maio no WTC (World Trade Center São Paulo), na zona sul de São Paulo. Inscreva-se aqui.

rodape_1904