Criança

Um ano após cirurgia, menino celebra mãos transplantadas

“Não me sinto mais diferente das outras crianças”, disse Zion

Vanessa Moura ,Mãe de Ana Luiza

(Foto: Reprodução/BBC Brasil)

 

Zion Harvey recebeu um transplante de duas mãos no ano passado e, um ano depois da cirurgia, já consegue realizar qualquer atividade normalmente.

O garoto tinha apenas 2 anos quando precisou amputar as mãos e os pés por causa de uma grave infecção. Na época, ele também precisou receber um dos rins da mãe, o que também contribuiu com a adaptação dos novos membros.

Anúncio

FECHAR

Zion teve de se adaptar à infância sem as mãos e aprendeu a comer e até a jogar videogame sem precisar de ajuda. Mas o menino optou pela cirurgia porque queria muito um dia poder segurar sua irmã menor – e também porque tinha vontade de jogar futebol americano. Nas pernas, ele usa próteses.

Foi assim que, aos 8 anos, ele se tornou a pessoa mais jovem a receber um transplante duplo de mãos. Cerca de 40 médicos participaram da operação no Hospital das Crianças na Filadélfia (EUA) – o procedimento durou mais de 10 horas e foi considerado bem-sucedido.

Hoje, um ano depois da cirurgia, ele já consegue segurar a bola de futebol americano ao brincar com os amigos sem a menor dificuldade.

“Me sinto muito feliz com minhas novas mãos e não me sinto diferente das outras crianças”, comemora Zion.

Por mais histórias com finais felizes como essa!!!