Criança

Sono regular pode ser o segredo para bom comportamento

Pesquisa britânica revela que crianças com horas de sono irregulares são mais hiperativas e tendem a ter mal comportamento

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

As crianças pequenas que não têm horários regulares de sono tem comportamento do que as crianças que costumam dormir no mesmo horário toda noite, sugere novo estudo.

Pesquisas britânicas descobriram que mães e professores avaliaram crianças de sete anos que têm horários irregulares para dormir como mais hiperativas do que as mais descansadas, além de apresentarem mais problemas sociais, emocionais e de conduta.

Anúncio

FECHAR

Os resultados também revelaram que o comportamento fica pior conforme mais tempo a criança ficar sem horários fixos para dormir. Mas a boa notícia é que o comportamento das crianças melhora claramente quando elas são submetidas a horários programados para ir para a cama.

“Este é um estudo muito bem feito que reafirma de várias maneiras o que nós já sabemos sobre a falta de sono”, disse a doutora Carolyn D’Ambrosio, diretora do centro do sono no Tufts Medical Center e no Floting Hospital for Children, em Boston, que não estava envolvida na pesquisa.

Ela fala que os resultados mostram claramente a associação entre o bom comportamento das crianças e horários de sono regulares.

O estudo foi publicado online no dia 14 de outubro de 2013, na revista Pediatrics.

Crianças sonolentas

No estudo, pesquisadores analisaram dados de mais de 10 mil crianças matriculadas na Millennium Cohort Study, um estudo de longo prazo dos bebês nascidos no Reino Unido em 2001 e 2002.

Quando as crianças estavam com três, cinco e sete anos, as mães preencheram questionários descrevendo se a criança dormia no mesmo horário durante a semana durante o período escolar, e como era aquele período de sono.

Para complementar, mães e professores avaliaram o comportamento das crianças de sete anos, avaliando conduta, relação com os colegas de classe, sintomas emocionais e níveis e hiperatividade.

Os pesquisadores descobriram que quase 9% das crianças de sete anos não tinham um horário regular para dormir.

Ter hora de sono irregular tem grande efeito no comportamento das crianças, mas as crianças que vão dormir tarde também tendem a ter um pior comportamento.

D’Ambrosio disse que o estudo reforça o argumento para horários regulares de sono para crianças porque tem um grande número de crianças envolvidas na pesquisa, e o comportamento delas foi avaliado em três idades diferentes.

Para crianças e adultos, “quando as pessoas são privadas do sono, elas ficam um pouco mal-humoradas, têm um temperamento mais curto e os processos fisiológicos não são tão afinados”, disse D’Ambrosio.

“Crianças não falam que estão cansadas, geralmente não demonstram isso – o mais comum é ser hiperativo”, disse. De fato, o estudo descobriu que os horários irregulares para dormir tiveram maior influência sobre os níveis de hiperatividade das crianças, julgados pelas mães e professores.

A falta de sono também aparece no desempenho escolar, mau humor, hábitos alimentares e nas questões comportamentais, segundo D’Ambrosio.

Dicas para a hora de dormir

Ter rotinas noturnas e horário regular para dormir acrescenta estrutura e consciência na rotina da criança, diz D’Ambrosio.

Forçar um horário para dormir ajuda as crianças a funcionar melhor no dia seguinte, e a dormir o suficiente. Crianças entre cinco e sete anos precisam de 10 a 12 horas de sono durante a noite, segundo a especialista.

Isso significa que dormir o suficiente para passar por todos os estágios do sono, que têm importantes funções que regulam o corpo: Por exemplo, sono profundo ajuda as pessoas a acordarem descansadas, enquanto o sono R.E.M. (Rapid Eye Moviment), melhora as habilidades da memória.

Fechar os olhos o suficiente é fundamental para crianças porque as mentes jovens continuam crescendo.

D’Ambrosio aconselha os pais a começarem cedo este processo de ter horários regulares para dormir na vida das crianças. Este processo envolve dizer para as crianças quando a hora de ir para a cama está chegando e começar a rotina noturna deles – escovar os dentes, tomar banho, colocar pijamas, ler história, diminuir as luzes e permitir que as crianças tenham itens confortáveis, como bichos de pelúcia, mas limitando as distrações, incluindo TV ou iPad.

“Escolha a hora de dormir que funcione para você e sua família”, D’Ambrosio recomenda. “Isto pode não funcionar todos os dias, mas continue tentando.”

D’Ambrosio também sugere que crianças tenham horários fixos para dormir mesmo nos finais de semana e durante as férias.

Ela relembra os pais de que “dormir é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para a saúde e comportamento dos filhos”.

E no vídeo abaixo, você pode ver mais dicas sobre como lidar com o comportamento do seu filho: