Criança

Seu filho não é ansioso e sem paciência, ele só precisa aprender sobre autocontrole

Getty Images
Getty Images

Publicado em 29/03/2020, às 06h03 por Marina Paschoal, filha de Selma e Antonio Jorge


(Foto: Getty Images)

Março é um mês que tem grande impacto na forma como vamos lidar com os desafios do ano escolar de nossos filhos. Os ajustes que fizermos agora podem se tornar nosso trunfo para chegarmos inteiros ao final do semestre! E também para que nossas crianças desenvolvam todo o potencial para uma vida plena.

Ser capaz de regular as próprias emoções é um superpoder capaz de tornar melhor a infância e adolescência do seu filho. O desafio de ensinar o autocontrole é maior nos dias atuais.

Cada vez mais preparamos o ambiente dento de casa para atender às expectativas e necessidades de nossos filhos. Quanto mais a tecnologia nos traz benefícios, menos lembramos de que somos nós os responsáveis por controlar nossos impulsos e regular nossas emoções.

(Foto: Getty Images)

E dentro de casa, na segurança do lar, é o melhor lugar para que nossos filhos aprendam sobre isso. O problema é deixar que nossos filhos enfrentem o mundo real somente quando saem para um passeio ou para a escola. Aí vem o
susto. A boa notícia é que podemos ajudar com mudanças simples na rotina.

A primeira dica é ajudar seu filho a entender que algumas atividades têm hora, tempo ou período determinado para acontecer. Se não pode usar o tablet depois das 7 da noite, combinem um armário ou gaveta onde ele será guardado, longe da visão de todos.

No início você mesma o pega, guarda e explica: “vamos colocar nessa gaveta fechada que assim fica mais fácil para você conseguir cumprir o combinado.” E nos próximos dias seu filho guarda. Isso vale para brinquedos, doces, bolachas. A criança aprende a controlar o desejo, o impulso, a ansiedade usando a estratégia de sair ou tirar de perto aquilo que gera o desequilíbrio.

(Foto: Getty Images)

O reconhecimento por esse esforço é essencial para que seu filho consiga manter o esforço necessário para desenvolver o autocontrole. Elogie muito. Brinque, cante, faça algo agradável junto com ele para celebrar a conquista.

Os efeitos positivos deste esforço duram pelo resto da vida. E seu filho consegue transferir esse aprendizado para situações mais desafiadoras, conforme ele cresce. Sim, isso vai exigir um esforço enorme da sua parte para segurar a própria ansiedade e vontade de atender aos desejos do seu filho. Acredite, você consegue e vale a pena. Autocontrole é um dos elementos essenciais para um ano tranquilo na escola e para a saúde emocional equilibrada.

(Foto: Divulgação)

COLUNA ESCOLA

Roberta e Taís Bento
são mãe e filha, embaixadoras
da Pais&Filhos, e fundadoras
do site SOS Educação

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!


Leia também

O menino de apenas dois anos aprendeu três idiomas - (Foto: Arquivo pessoal)

Família

Menino baiano que leu e escreveu com apenas 1 ano aprende inglês, russo e coreano aos 2 anos

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Neymar Jr mostra o rosto de filha com Amanda Kimberlly pela primeira vez

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Virginia e Zé Felipe - Reprodução: Instagram

Família

Sete suítes, piscina, cinema, adega e 7 mil m²: Veja fotos da nova mansão de Virginia e Zé Felipe

Reprodução: Instagram

Família

Amanda Kimberlly se declara em primeira foto da filha no feed do Instagram

Neymar comenta foto de Bruna Biancardi e Mavie em campo - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Neymar posta foto de Bruna Biancardi e Mavie em campo de futebol: “Meus amores”

Sorocaba, Biah Rodrigues e filhos - Reprodução: Instagram

Família

Sorocaba faz desabafo emocionante sobre os filhos: 'Mudou minha vida’

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer