Criança

Sem ciúmes! 3 maneiras inteligentes de lidar com o melhor amigo do seu filho

iStock
iStock

Publicado em 13/07/2018, às 14h05 por Redação Pais&Filhos


Pare um pouquinho o que estiver fazendo e tente se lembrar dos seus melhores amigos da escola. Que momentos vêm a sua mente? Sem dúvida dois extremos: momentos de muita diversão ou de grandes sufocos e que enfrentaram juntos! Agora pense em quem são os amigos da escola de que seu filho mais gosta, sobre os quais vive falando, contando histórias, aventuras e desventuras. Se você consegue lembrar dos seus amigos, mas não identifica quem são eles na vida escolar de seu filho, é hora de acender um alerta.

Com a correria da vida moderna, o grande número de atividades extras e longos períodos conectados, nossas crianças e adolescentes acabam por não ter a chance de criar laços fortes com seus colegas de classe ou da escola. As consequências disso são muito maiores e mais imediatas do que você pode imaginar.

Ter pouco ou quase nada que dê prazer em lembrar daqui a alguns anos, quando recordar os momentos da escola, já seria ruim. Enfrentar desafios maiores na vida adulta por não ter desenvolvido habilidades como empatia, paciência, respeito à diferença, pior ainda. Mas as consequências de não ter fortes laços durante a vida escolar são maiores e de impacto mais imediato do que imaginávamos até pouco tempo.

Pesquisas recentes confirmam que alunos que formam laços de amizade no ambiente escolar aprendem melhor.  Estudantes que têm o sentimento de estarem socialmente incluídos são mais seguros e enfrentam com maior tranquilidade os desafios da aprendizagem.

Nos casos de crianças tímidas ou que mudaram recentemente de escola, especialmente nesta fase do ano letivo, em que a classe já tem suas panelinhas de amigos, é preciso ajudar para que a integração aconteça o quanto antes. Em situações assim, vale sua ajuda, sem forçar a barra ou interferir diretamente.

Algumas sugestões são:

✓ Aproximar-se das mães que moram na mesma região e combinar passeios depois do horário da aula ou nos finais de semana. Dessa forma os filhos terão oportunidade para se conhecer em ambientes livres das panelinhas já formadas.

✓ No final de semana, fazer passeios combinados com outras famílias de alunos da escola.

✓ Incentivar seu filho a oferecer sua casa para algum trabalho escolar, de preferência em horários que você possa estar presente para servir um lanche e observar, de longe, a interação entre as crianças/adolescentes.

Seu filho está indo mal na escola? Vale investigar o quanto ele está envolvido com os colegas de classe e não focar somente em reforço de conteúdo. Reservar tempo para diversão com amigos também é uma forma de aprender – não somente o conteúdo acadêmico, mas aprender a aproveitar bem o tempo e ser feliz!

Leia também

Ombro amigo: crianças que têm irmãos sofrem menos com brigas dos pais

Mais que melhor amigo: vídeo mostra cachorro pulando na piscina para salvar o colega

Irmãos, nossos primeiros amigos!


Leia também

(Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lore Improta mostra evolução da barriga e avisa: "Tem mais neném chegando"

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Gabi Luthai disse que está ainda mais apaixonada pelo marido - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Gabi Luthai revela detalhes da relação com o Teo Teló após o nascimento do filho

Ticiane Pinheiro e Cesar Tralli - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre decisão difícil para o casamento e família: "Coração fica acelerado"

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Adolescente de 15 anos que m4tou família de vizinhos é encontrado m0rto

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer