Criança

Professor que teria feito apologia à ataque em Blumenau é afastado e vai precisar usar tornozeleira

A professora fez uma declaração - Reprodução/ O Município
Reprodução/ O Município

Publicado em 09/04/2023, às 18h31 por Redação Pais&Filhos


Neste domingo, dia 09 de abril, o professor que teria apoiado o ataque em uma creche em Blumenau foi afastado e terá que usar uma tornozeleira eletrônica. A Polícia Civil de Santa Catarina (PC-SC) está investigando o caso para saber mais sobre a conduta do docente. Segundo informações do portal ‘O Globo’, o delegado Rafaello Ross não vai permitir que o homem mantenha contato com os estudantes.

A professora fez uma declaração (Foto: Reprodução/ O Município)

O professor fez uma apologia ao crime feito pelo um jovem, de 25 anos, e comentou em uma sala de aula que “mataria uns 15, 20”. Ele está sendo investigado por ter feito referência ao ataque que matou 4 crianças na escola, relatou o delegado-geral da PCSC, Ulisses Gabriel, em entrevista ao   GLOBO.

Faixada da creche de Blumenau
Quatro crianças foram mortas em ataque à creche em Blumenau (Foto: Reprodução/RBS tv/Redes Sociais)

‘’ Entrar com dois facões, um em cada mão e ‘pá’. Passar correndo e acertando’’, falou o professor aos alunos. A fala dele foi gravada por um dos estudantes que estava no local. Na próxima segunda-feira, dia 09 de abril, o docente e testemunhas irão prestar depoimentos à polícia.

Entenda o caso

Na última quarta-feira, dia 5 de abril, a Creche Cantinho Bom Pastor, localizada em Blumenau, Santa Catarina, foi invadida e atacada. O crime deixou quatro vítimas e cinco feridos.

Creche em Blumenau sofre ataque
O professor fez apologia ao crime ocorrido na creche de Blumenau (Foto: Reprodução/ Tik Tok/ Google Maps))

Um inquérito policial foi feito na última sexta-feira, dia 7 de abril, contra um professor da Escola Estadual Georg Keller, em Joinville, que supostamente declarou apoio ao ataque ocorrido na creche de Blumenau. Segundo o portal NSC Total, alunos e pais da instituição denunciaram o homem para as autoridades, por meio de uma gravação em que ele dizia que “mataria uns 15, 20. Entrar com dois facões, um em cada mão e ‘pá’. Passar correndo e acertando”.

A denúncia do professor está sendo tratada como apologia ao crime, e tanto o professor quanto a direção da escola estadual e as testemunhas serão intimados para prestar os depoimentos na próxima segunda-feira, dia 10 de abril. Apesar da Secretaria de Educação do Estado estar fazendo investigações, o professor não foi afastado. Alunos também contaram ao portal que o professor frequentemente faz comentários racistas, homofóbicos, misóginos e com apologia ao suicídio, e que ele teria justificado o ataque a creche com: “matar mais do que quatro pessoas, já que a população está muito grande”.

Sobre o ataque

Uma creche na cidade de Blumenau, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foi alvo de um ataque na manhã dessa quarta-feira, dia 5 de abril. De acordo com informações da Polícia Militar, quatro criançasforam mortas e uma está em estado grave.

Creche que foi atacada em Blumenau
Quatro crianças são mortas em ataque a creche em Blumenau (Foto: Reprodução/Google Maps)

O fato ocorreu no Centro de Educação Infantil Cantinho Bom Pastor, localizado na Rua dos Caçadores, bairro Velha. Segundo as autoridades, um homem de 25 anos invadiu a crechecom uma machadinha, atacou as crianças que estavam no local e depois se entregou no Batalhão da PM, isso conforme informou o delegado geral da polícia de Santa Catarina, Ulisses Gabriel. “A Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, que tem expertise na extração de dados de telefone e computadores. A gente quer identificar se tem mais algum participante. Se mais alguém participou. Como ele tramou esse plano. Onde ele obteve informações”, disse o delegado-geral.

Pais se aglomeram no entorno da unidade de educação e o relato das equipes da NSC é de desespero, com confusão no local e motoristas furando semáforos para chegar à creche. A Polícia Civil e equipe do Instituto Médico Legal (IML) estão no local. Todas as crianças que estavam na escola já foram retiradas pela polícia e entregues aos pais.

Novidade na área!

A linha TUDO da Ri Happy traz uma verdadeira democratização dos blocos, explorando diversas habilidades das crianças


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Raffa Justus vai dançar valsa com o padastro na sua festa de 15 anos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Rafaella Justus foge do modelo tradicional para a festa de 15 anos

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Carlinhos Maia disse que quer ter o primeiro filho com o marido - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Carlinhos Maia fala sobre primeiro filho com o marido: “Estou com cabeça de grávida”

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

O carro bateu na traseira do caminhão antes da tragédia acontecer - (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Família

Acidente entre carro e caminhão causa morte de pai, mãe e um bebê de três meses

Tainá Castro é ex do atual de Karoline Lima - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Éder Militão se casa longe dos holofotes com Tainá Castro, ex de Léo Pereira