Criança

Por que meu filho se comporta diferente na escola e em casa?

Veja como trazer o bom comportamento do colégio para o âmbito familiar

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

comportamento na escola e comportamento em casa

É comum que crianças controlem seus impulsos em sala de aula e se libertem mais em casa. “Eles se soltam porque confiam que você vai amá-los independente de qualquer coisa”, diz Michele Borba, autora de The Big Book of Parenting Solutions (O Grande Livro de Solução para Pais, em tradução livre). Descubra como fazer a ponte para que seu filho se comporte bem ainda quando voltar da escola.

  1. Crie uma rotina de relaxamento

Você pode notar que o momento em que seu filho é mais combativo é imediatamente após você buscá-lo. É como se ele estivesse dizendo “eu estou exausto de ter que escutar, seguir regras e controlar meu comportamento ao longo do dia. Agora estou em casa e posso ser eu mesmo”.

Anúncio

FECHAR

A solução: Deixe seu pequeno ter tempo para relaxar e proponha atividades descontraídas, como fazer bolhas de sabão. O motivo? Respirações profundas podem acalmá-lo fisicamente e abrandar o instinto de agarrar em você. Em outros casos, 15 minutos de brincadeiras fora de casa é tudo que eles precisam para descontrair.

  1. Replique as regras

Na escola, seu filho pode ficar mais propenso a se comportar, dividir brinquedos, ficar sentado para o lanche e não interromper enquanto os outros estão falando porque as regras e as consequências são claras. Comece a estabelecer limites similares em casa. Fale com o professor do seu filho sobre as regras da sala de aula e veja o que você pode adaptar, como não se levantar da mesa sem pedir ou não entrar na conversa quando você está falando com outros adultos.

Você também pode descobrir o que o professor faz quando as expectativas não são cumpridas em sala de aula e implementar um sistema semelhante em casa. Usem a mesma linguagem. É importante que a regra valha para todos os irmãos, uma vez que a mentalidade de grupo é poderosa e as escolas usam. Seu filho pode não querer vir para a mesa do almoço, mas se todo mundo está indo, ele vai acompanhar o grupo.

  1. Prepare o ambiente para o sucesso

Quando você começar a suavizar a transição da escola para casa, pense como você pode dividir as tarefas em etapas. Por exemplo, se você quer que seu filho pendure as coisas quando ele entra em casa do jeito que ele faz na escola, coloque ganchos em sua altura para a jaqueta e mochila. Coloque um tapete perto da porta, para que ele saiba onde colocar os sapatos.

  1. Una forças!

Pergunte à professora se ela se importaria em ajudar a reforçar o progresso da criança. Deixe-a informada sobre como seu filho está indo em casa. Seu pequeno pode se surpreender quando sua professora diz: “Ouvi dizer que você se sentou à mesa como um menino grande noite passada. Mal posso esperar para ouvir se você vai fazer isso de novo hoje à noite. Isso vai ajudar a fundir os mundos da escola e de casa em sua cabeça. Além disso, seu filho também vai ser inspirado a querer impressionar a professora.