Criança

Os perigos de deixar a criança dentro do carro

Esquecer uma criança no carro é um absurdo, mas as notícias mostram que isso acontece. Leia sobre o assunto e veja como evitar esse triste acidente

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A morte de três crianças esquecidas dentro do carro tocou o país nos últimos dias. Seja pela indignação provocada pela situação, ou até mesmo pelo temor de que isso possa acontecer com a gente, casos como esses chocam e entristecem.  Mas, depois de ver uma notícia relatando os fatos e as explicações dadas pelos responsáveis, o que fica mesmo é a pergunta: como isso foi acontecer? Negligência dos pais? Preocupações de mais na cabeça?

A psicóloga Amanda Lima acredita ser possível atribuir isso à valorização do excesso de trabalho e até da falta de tempo que se observa na sociedade atual. “A cabeça está sempre cheia de preocupações e, quando a rotina sofre uma mudança, o indivíduo estará condicionado a seguir seu plano do dia a dia. É quando acontecem casos como esses. Ainda que não justifique esquecer um filho dessa forma, isso nos traz uma reflexão do que esses casos querem nos dizer do mundo em que vivemos. Perdeu-se a valorização das relações humanas”, diz Amanda.   

O fato é que isso não pode acontecer. Deixar uma criança fechada no carro – nem que seja só durante aqueles minutinhos que você vai sacar dinheiro no banco ou comprar alguma coisa na farmácia – é assumir um risco sério. Por isso, veja algumas informações importantes sobre esse assunto e saiba como evitar o perigo de esquecer sua criança sozinha no carro.

Anúncio

FECHAR

– Num calor de 38º, a temperatura pode chegar a 60º dentro do veículo, e isso é superperigoso! Se for esquecida dentro do carro, a criança pode sofrer queimaduras graves e até mesmo paradas cardíacas e respiratórias.

– Não deixe seu filho sozinho dentro do carro nunca. Nem com o vidro aberto.

– Quando entrar no carro, já coloque algum objeto do qual você vai precisar quando estacionar (por exemplo, deixando a bolsa ou a pasta no banco de trás). Isso vai te obrigar a olhar para trás antes de sair e evitará o esquecimento acidental da criança caso ela esteja dormindo.

– Se você precisar mudar a sua rotina para deixar as crianças na creche ou na escolinha, tenha um cuidado ainda maior. Pedir para algum responsável da escola te ligar caso o seu filho não chegue no horário de costume é uma boa ideia.

– Se, por acaso, você vir uma criança sozinha dentro do carro, deve ligar imediatamente para o 190. Essa atitude pode salvar uma vida.

Fontes: Amanda Lima, psicóloga clínica; ONG Criança Segura