Criança

Os alimentos mais rejeitados pelas crianças

Pesquisa mostrou que 33% das mães têm pelo menos um filho seletivo. Entenda!

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

os-alimentos-mais-rejeitados-pelas-crianças

Você já ouviu a expressão “picky eaters”? São crianças que tem um gosto alimentar que oscila com frequência, exclui determinados grupos de alimentos, pula refeições ou come muito pouco. Uma pesquisa encomendada pela Mead Johnson Nutrition apontou que 33% das mães brasileiras diz que ao menos um de seus filhos tem este hábito.

É comum que os mais novos adorem comer massas, batata ou comidas sem valor nutricional e rejeitem verduras e legumes, por exemplo. “É preciso oferecer uma dieta balanceada para que as crianças cresçam com saúde e consciência alimentar. Além de nutri-los, estamos estimulando seu paladar e contribuindo com as gerações futuras”, explica Alan Kirszenwurcel, gerente responsável pela marca Sustagen.

Anúncio

FECHAR

A pesquisa mostrou que vegetais são os campeões de rejeição entre as crianças (75% delas não gostam deste tipo de alimento). Em seguida, os legumes (66%) e as leguminosas, como lentilha e feijão (30%). Por outro lado, 96% das crianças gostam de massas e pães. Produtos lácteos são facilmente consumidos por 84% e arroz e batatas agradam ao paladar de 87%. Veja mais detalhes da pesquisa:

  1. Os alimentos mais rejeitados

Vegetais, legumes e leguminosas são mais difíceis de serem consumidos porque as crianças não gostam do sabor.

Alimentos que as crianças têm dificuldade em comer

Vegetais (alface, espinafre): 75%

Legumes (cenoura, brócolis, berinjela): 66%

Leguminosas (feijão, lentilha, arroz): 30%

Derivados do milho: 23%

Frutas: 21%

Produtos de origem animal (frango, carne vermelha, peixe): 21%

Ovos: 15%

Aveia, arroz, batata: 13%

Laticínios (leite, iogurte, queijo): 9%

Farináceos (massas, pão, bolachas, bolos): 5%

  1. Razões para não comer esses alimentos

Não gosta do tipo do alimento

Vegetais: 58%

Legumes: 57%

Fruta: 62%

Derivados do milho: 60%

Aveia, arroz, batata: 64%

Leguminosas: 62%

Produtos de origem animal: 58%

Ovos: 61%

Não gosta do gosto

Vegetais: 55%

Legumes: 56%

Fruta: 47%

Derivados do milho: 55%

Aveia, arroz, batata: 50%

Leguminosas: 51%

Produtos de origem animal: 46%

Ovos: 45%

Acha o gosto amargo

Vegetais: 16%

Legumes: 13%

Fruta: 10%

Derivados do milho: 7%

Aveia, arroz, batata: 8%

Leguminosas: 12%

Produtos de origem animal: 9%

Ovos: 13%

Não consegue comer/Cospe a comida

Vegetais: 12%

Legumes: 14%

Fruta: 10%

Derivados do milho: 12%

Aveia, arroz, batata: 14%

Leguminosas: 12%

Produtos de origem animal: 18%

Ovos: 14%

Dificuldade para mastigar

Vegetais: 11%

Legumes: 11%

Fruta: 11%

Derivados do milho: 10%

Aveia, arroz, batata: 8%

Leguminosas: 13%

Produtos de origem animal: 22%

Ovos: 11%

  1. Os alimentos mais amados

Alimentos que as crianças comem facilmente

Massas, pães: 96%

Laticínios: 94%

Aveia, arroz, batata: 87%

Ovos: 83%

Lanches rápidos: 83%

Frutas: 79%

Frango, carne vermelha, peixe: 78%

Derivados do milho: 72%

Leguminosas: 71%

Legumes: 37%

Vegetais: 32%

  1. A refeição mais difícil para as crianças

46% dos chamados  picky eaters pulam o café da manhã, 20% o almoço e 23% o jantar. A principal queixa das crianças para não quererem o café da manhã é não estarem com fome. Já no almoço, elas reclamam que não gostam da comida preparada. Os que pulam o jantar acabam consumindo outros alimentos em porções menores, como iogurtes e snacks industrializados (34%).

  1. Barreiras para comer bem

Café da manhã

Não gosta de comer pela manhã/acorda sem fome: 67%

Acorda perto da hora do almoço e não quer comer: 9%

Não tem fome: 8%

Come outras coisas em porções pequenas (iogurtes, lanches industrializados): 3%

Quando está brincando, não quer parar para comer: 3%

Pais têm de forçar ou insistir para os filhos comerem: 3%

Só come o que quer: 3%

Quando está vendo desenhos, não quer parar para comer: 3%

Quando chega a hora de ir para a escola, fica agitado e não come direito: 2%

Almoço

Não gosta da comida preparada: 20%

Não gosta de vegetais: 16%

Não tem fome: 11%

Quando está brincando, não quer parar para comer: 11%

Come outras coisas em porções pequenas: 10%

Pais têm de forçar ou insistir para os filhos comerem: 9%

Não gosta de feijão: 9%

Jantar

Come outras coisas em porções pequenas: 34%

Está com sono/Jantar é na mesma hora que costumam ir dormir: 14%

Não tem fome: 13%

Come na escola e chega em casa sem fome: 12%

Prefere mamadeira/achocolatado/leite: 9%

Pais têm de forçar ou insistir para os filhos comerem: 6%