Criança

Não é só a barriga que cresce! 9 mudanças nos seios na gravidez

Muitas coisas vão se transformar nesses nove meses de espera

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

ft21

(Foto: Shutterstock)

Muita coisa vai rolar nesses nove meses de gravidez e algumas dessas mudanças vão envolver os seus seios. “Desde o começo da gravidez, os hormônios são os responsáveis pelas mudanças nos seios das mulheres como uma forma de preparação para a amamentação,” afirma Mary Jane Minkin, professora clínica de obstetrícia e ginecologia na Universidade de Yale e autora do livro “Guia para a saúde sexual da mulher” (em tradução livre).

Uma coisa é certa: os seios não serão os mesmos enquanto o bebê estiver na sua barriga! Dos sintomas que a revista norte-americana “Parents” listou abaixo, pode ter certeza que você vai experimentar alguns ou, até mesmo, todos. Saiba mais sobre o que está por vir!

1. Eles vão ficar maiores

Anúncio

FECHAR

Sua barriga não é a única coisa a crescer e crescer e crescer. Desde os primeiros meses, a quantidade de tecido gorduroso e o fluxo de sangue nos seus seios aumentam numa força tarefa para ajudar os dutos de leite e as glândulas mamárias a crescerem.

2. Eles vão ficar mais pesados

Com  o aumento do fluxo de sangue e a expansão da glândula, seus seios começam a inchar. “Além disso, o seu corpo em geral começa a reter líquido, o que é consequência do nível de progesterona e estrógeno”, Dra. Minkin afirma. No fim da gestação, a maioria das mulheres termina com quase 1kg a mais no seio.

3. Eles passam a doer

Todo o sangue, todo o tecido inchado e a retenção de líquido podem fazer com que o peito doa muito. Na verdade, a dor nos seios é um dos sinais mais claros de gravidez, afirma Dr. Minkin.

4. Eles ficam estampados de veias

Você vai notar que o seio vai ficar mapeado com linhas azuis. “Suas veias vão ficar mais aparentes debaixo da sua pele porque elas estão sendo dilatadas para acomodar o aumento do fluxo de sangue”, afirma Dr. Minkin.

5. Eles passam a produzir óleos

Os seus seios ficam maiores e tornam-se mais definidos. E não para por aí: a auréola fica mais larga e escura, resultado dos altos níveis de estrógeno. As glândulas de Montgomery (aquelas pequenas bolinhas na auréola e no mamilo) começam a crescem e produzir óleos que protegem os mamilos e auréolas de rachar ou secar durante essa transformação.

6. Eles podem começar a vazar

No segundo ou terceiro trimestre, você pode notar um líquido sair do seu mamilo. É o colostro, um leite inicial que a mulher produz durante a gravidez e nos primeiros dias depois do parto. Ele é concentrado e grosso e pode secar e ficar em torno dos mamilos. “Até o fim da gravidez, seus seios produzirão muito colostro e leite,” acrescenta Mary Jane.

7. Surgem as temidas estrias

Todo esse alargamento e inchaço fazem a pele do seu seio ficar esticada, e isso, infelizmente, pode gerar marcas de estrias. E alerta: enquanto a pele estica, seus seios podem também coçar.

8. Eles precisam de um suporte

Seus seios precisam de muito amor, mais do que nunca. Investir em sutiãs que deem suporte é crucial. Procure um com uma faixa grossa. Opte por sutiãs de algodão. Eles são mais confortáveis porque permitem que a pele respire. E não se esqueça de usar um sutiã à noite também. Use um de esportes, um sutiã de maternidade, ou um sutiã de gravidez do sono.

9. Eles nunca voltarão a ser os mesmos

Depois de desmamar, seus mamilos vão voltar à cor natural e seus seios vão voltar ao tamanho normal. Como a sua pele foi esticada, a pele que sobrou e as marcas de estrias têm mais chances de ficar.

Leia também: 

Desvendamos 9 mitos sobre amamentação

9 fatos sobre seus seios durante a amamentação que vão te deixar chocada

Cuidados com os seios na gravidez

Pais&Filhos TV