Criança

Extra, extra! Conheça o primeiro telejornal para crianças e adolescentes

Leia a entrevista que fizemos com o diretor do Repórter Rá Teen Bum

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Reporter Rá Teen Bum_Natália_Foto Jair Magri (39)

Nathália Falcão é a apresentadora teen do programa (Foto: Jair Magri / Divulgação)

E se os noticiários falassem com crianças e adolescentes de uma maneira que eles pudessem entender melhor? Voltado justamente para esse público, o Repórter Teen Bum é um jornalístico brasileiro que estreia hoje, dia 16, às 20h30, no canal de televisão por assinatura TV Tim Bum!.

Leia também

Entrevista com Tatiana Belinky

Anúncio

FECHAR

7 lições que os pais podem ensinar aos filhos sobre o preconceito

Entenda a diferença entre mentira e imaginação

A produção é uma parceria entre a TV Rá Tim Bum!, a ONG holandesa Free Press Unlimited e a TV Cultura, além de fazer parte da franquia WaDaDa – Kids For News, rede de notícias para criança presente em 16 países. As matérias estrangeiras são exibidas no programa com dublagem, para que as crianças tenham contatos com realidades diferentes.

Serão 52 episódios, com 12 minutos de duração, exibidos aos sábados, às 20h30, e reprisados aos domingos, às 20h30, e as quintas-feiras, às 19h45. A estreia na TV Cultura está prevista para julho.

Matéria Sírios

Uma das reportagens da primeira edição é sobre refugiados sírios (Foto: Divulgação)

Nós estivemos no evento de lançamento e falamos com o diretor do programa, Ricardo Elias, filho de João e Therezinha. Veja abaixo a entrevista:

Pais&Filhos: Qual a faixa etária do público do programa?

Ricardo Elias: A intenção é de que seja crianças e adolescentes de seis a 13 anos. Como o programa tem uma linguagem bem leve, dá para falar com todo mundo. Os temas são bem contundentes. Vai ter assuntos leves, mas a gente também vai tratar de bullying, por exemplo. Sempre pelo olhar da criança e do adolescente. O bacana é que o projeto está associado ao WaDaDa, então a gente tem acesso a um banco com matérias do mundo inteiro. É um jornal internacional.

P&F: Como foi a ideia de trazer o programa para o Brasil?

RE: A ideia inicial foi do Ivan Isola, que era o diretor do canal Rá Tim Bum!, que infelizmente faleceu no mês passado. Ele era amigo do Jan-Willem Bult (editor chefe do WaDaDa) e teve a ideia de trazer para cá. O Jan veio ao Brasil, deu um workshop e conversou com a gente por bastante tempo.

P&F: Como é feita a seleção dos temas?

RE: A gente sempre fala do que está em alta, do que está acontecendo por aí. Fizemos matérias sobre o Aedes aegypti, a lei do bullying… sempre procurando o ponto de vista do adolescente e da criança. Ou é um tema que tem a ver com o universo deles ou eles aparecem como personagem.