Criança

Estudantes criam minicursos para ajudar menina que comeu mandioca brava

Janaína comeu acidentalmente a mandioca brava, que contém substâncias tóxicas - Getty Images
Getty Images

Publicado em 26/02/2019, às 06h55 por Yulia Serra, Editora | Filha de Suzimar e Leopoldo


Janaína comeu acidentalmente a mandioca brava, que contém substâncias tóxicas (Foto: Getty Images)

Estudantes de enfermagem se sensibilizaram com a história de Janaína Rocha da Silva, que, aos 7 anos de idade ficou sem falar e andar após comer mandioca brava. O caso aconteceu em maio de 2018 no Pará e até então a criança continua com sequelas.

Os alunos da Liga Acadêmica de Pediatria e Neonatologia (Lapen) resolveram ajudar a famíliada vítima e criaram minicursos beneficentes. Funcionará assim: entre os dias 12, 13 e 15 de março eles darão minicursos sobre primeiros socorros, análise de exame de imagem e diagnóstico de trauma, injetáveis e parada cardiorrespiratória e ressuscitação cardiopulmonar (PCR/RCP).

Para se inscrever, eles pedem que cada um leve 1kg de alimento ou um pacote de fralda XXG infantil e mais R$ 5,00 que serão doados a menina. A ideia do grupo é ajudar no custo do tratamento da criança, que necessita de sessões de fisioterapia e fonoaudiologia.

Ao G1, o vice-presidente da Lapen disse que a iniciativa partiu de uma professora. “Abraçamos a ideia e decidimos realizar. Até agora, já arrecadamos bastante alimentos”. Airton Santana também contou que precisam de mais fraldas.

O caso de Janaína é irreversível de acordo com os médicos e os pais não tem uma condição financeira tão boa, por isso qualquer ajuda é bem-vinda. A mãe da menina, Joeci Rocha, ao G1, contou que as doações já custearam parte do tratamento.

Para se inscrever no curso, você pode contatar algum dos membros da Lapen: Airton Sanata (99193-9137); Elisson Pimentel (99149-7445); Bruna Ciriaco (99151-2663).

Leia também:

Já pensou? Estudante cria kit para que pais também possam produzir leite e amamentar os filhos

Desenho de garoto brasileiro inspirado nos refugiados ganha menção honrosa da ONU

Noivo cadeirante consegue ficar em pé com a ajuda do pai para dançar com a noiva e vídeo emociona demais


Palavras-chave
menina

Leia também

Rafaella Santos deixa se seguir Bruna Biancardi - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Irmã de Neymar dá unfollow em Bruna Biancardi após compartilhar foto de filha de Amanda Kimberlly

O menino de apenas dois anos aprendeu três idiomas - (Foto: Arquivo pessoal)

Família

Menino baiano que leu e escreveu com apenas 1 ano aprende inglês, russo e coreano aos 2 anos

Rafaella Santos afirma que não parou de seguir Bruna Biancardi nas redes sociais - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Irmã de Neymar se defende após ser acusada de deixar de seguir Bruna Biancardi no Instagram

Reprodução: Instagram

Família

Amanda Kimberlly se declara em primeira foto da filha no feed do Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Virginia e Zé Felipe - Reprodução: Instagram

Família

Sete suítes, piscina, cinema, adega e 7 mil m²: Veja fotos da nova mansão de Virginia e Zé Felipe

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Neymar Jr mostra o rosto de filha com Amanda Kimberlly pela primeira vez

Sorocaba, Biah Rodrigues e filhos - Reprodução: Instagram

Família

Sorocaba faz desabafo emocionante sobre os filhos: 'Mudou minha vida’