Criança

Conexão Criar: conheça o projeto que pode fazer a diferença na educação socioemocional e na implementação da cultura de paz da sua escola

Os benefícios do projeto vão desde melhorias no clima e relações institucionais até um maior envolvimento da família na educação socioemocional da criança - divulgação
divulgação

Publicado em 25/02/2020, às 15h27 - Atualizado em 20/10/2020, às 08h13 por Jéssica Anjos, filha de Adriana e Marcelo


“Conexão Criar: educação sociemocional para a paz” é um projeto desenvolvido pela psicóloga Bianca Sollero, nossa embaixadora e colunista, junto com Camila Comitre e Simone Peixoto, da startup Plug.lab,  em parceria com a Pais&Filhos. O objetivo é implementar a cultura de paz dentro das escolas através do desenvolvimento da inteligência emocional nos alunos de diferentes faixa-etárias.

Os benefícios do projeto vão desde melhorias no clima e relações institucionais até um maior envolvimento da família na educação socioemocional da criança (Foto: divulgação)

O método é formado pelo que elas chamam de tríade de educação criativa. “Abraçamos três pilares para a formação integral e respeitosa: amor, limites e liberdade criativa“, explicam. Além disso, acolhimento, conexão e humanização são palavras que não podem faltar. A metodologia aplicada é prática e objetiva com o objetivo de desenvolver um repertório emocional, links de diálogo com base na comunicação não-violenta melhorando a relação escola-família-aluno.

  • Como funciona

O processo é dividido nas seguintes etapas.

Capacitação docente presencial: primeiro acontece uma capacitação teórica-vivencial presencial para professores por segmento com vivência dos métodos e entrega de ferramentas.

Capacitação docente complementar (virtual): os professores continuam a capacitação virtualmente com mentorias grupais online para fundamentação teórica aprofundada, trocas de experiências e exposição de dúvidas.

Encontros com as famílias: rodas de conversa periódicas realizadas por educadores parentais certificadas por nosso método. A escola tem a liberdade de escolher entre diversas temáticas propostas pelo programa conforme suas necessidades.

O grande diferencial do programa é trazer um envolvimento maior da família. Também terão eventos com todas as escolas participantes para troca de experiências e premiações de ações inovadoras. E as escolas com melhores resultados terão matéria especial na coluna do site da Pais&Filhos.

Bianca Sollero, Camila Comitre e Simone Peixoto são as principais criadoras do projeto em parceria com a Pais&Filhos (Foto: divulgação)

Os benefícios são diversos. Dentre eles, melhorias no clima e relações institucionais, fortalecimento de vínculos com a escola e filhos, suporte na educação socioemocional e um impacto social enorme: criando uma sociedade mais saudável e inclusiva.

Para mais informações sobre o projeto, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (31) 9445-9178.


Leia também

Anna Jatobá retira sobrenome do ex-marido depois do fim do relacionamento - (Foto: Divulgação)

Família

Anna Jatobá e filhos excluem sobrenome de Alexandre Nardoni após separação

Jogador do Corinthians - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Causa da morte de jovem após encontro com jogador do Corinthians vem à tona 2 meses depois

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Ricardo está sendo procurado - (Foto: Reprodução/PCDF)

Família

Professor estupra criança por 4 anos e foge ao ser descoberto pela mãe do menino

O corpo começa a dar sinais de que vem bebê aí bem antes da menstruação atrasar - Getty Images

Gravidez

Sintomas de gravidez: nos primeiros dias, que ninguém sabe, de menino e menina e muito mais

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"