Criança

7 caminhos para o aprendizado: veja qual o melhor para seu filho

Uma pesquisa da Universidade de Newcastle aponta que existem mais de 71 modelos diferentes. Um deles combina certinho com sua criança

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

novo

(Foto: Shutterstock)

Nem todas as crianças são iguais, identificar as estratégias de aprendizado que vão funcionar melhor com seu filho faz toda diferença para que ele tenha sucesso e vontade de estudar. “É importante destacar que não existe um estilo que seja melhor que os outros, todos possuem vantagens e desvantagens”, afirma Maíla Sandoval, da equipe pedagógica do Jornal Joca, filha de Celma e Carlos Henry. Segundo um estudo feito pela Universidade de Newcastle, Reino Unido, existem mais de 71 modelos de aprendizagem diferentes. Maíla separou 7 estilos diferentes de aprendizado para você ver qual o melhor para seu filho.

1. Cinestésico ou físico

“Nos primeiros anos de vida toda criança é um aprendiz cinestésico, isso significa que ela precisa estar em movimento e experienciar atividades que envolvem o uso das mãos e do corpo para descobrir como funciona”, comenta Maíla. Algumas crianças, com inclinação para as habilidades motoras, mantêm essa característica depois que passam dessa fase. “Elas são muitas vezes vistas como problemáticas ou hiperativas por não conseguirem ficar paradas por muito tempo”. O melhor é envolvê-las com práticas de estudo que vão deixá-las ativas, mesmo quando estão lendo.

Anúncio

FECHAR

2. Visual ou espacial

Esse grupo aprende melhor por meio do uso de recursos visuais. “Isso pode ser tanto através das informações registradas no quadro em sala de aula quanto em vídeos e ilustrações, como mapas, gráficos ou diagramas”, aconselha Maíla.

3. Auditivo

“Esse tipo de aprendizado funciona com quem consegue fazer bom uso de qualquer recurso que possibilite interação com informações transmitidas oralmente”, exemplifica a profissional. Nas crianças essa capacidade somada a música e rima como meio de aprendizado é sucesso!

4. Verbal

Esse é fácil, a palavra nesse caso é o maior aliado de quem aprende por meio do tipo verbal. Tanto na forma oral quanto escrita. “O desenvolvimento dessas habilidades pode ser feito através de leitura e escrita, assim as crianças se tornam capazes de se expressar facilmente em qualquer contexto que envolva o uso das palavras”, afirma Maíla.

5. Lógico

Segundo Maíla, os lógicos preferem trabalhar com números e são capazes de enxergar problemas complexos de maneira sistemática e conectar suas partes para compreender as relações de causa e efeito entre elas. “Para eles, o caminho para a solução é indispensável”.

6. Social

Nesse estilo, diálogo e interação com outras pessoas são a chave para o sucesso nos estudos. “Comunicativos por natureza, as crianças que são aprendizes sociais se desenvolvem melhor participando de atividades coletivas, como projetos em grupo, debates e discussões”, diz a pedagoga.

7. Solitário

De acordo com Maíla, crianças que se encaixam nesse tipo de aprendizado são independentes e introspectivas. Precisam de momentos de silêncio, longe de distrações, para se concentrarem. “Isso não quer dizer que elas sejam solitárias, porque são tão capazes de aproveitar momentos de lazer na companhia de amigos como qualquer outra pessoa”.

Leia também:

Mudança! Ministério da Saúde não recomenda polvos de crochê para prematuros

Sem medo: como limpar o nariz do bebê

Colo sim! Sempre!