Criança

5 dicas de segurança para seus filhos navegarem na internet

Antes de liberar o acesso à rede para as crianças, veja como protegê-las.

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Quando liberar o acesso dos filhos à internet é uma grande dúvida de muitos pais. As crianças navegam naturalmente com tablets, computadores e smartphones, mas será que você tem como controlar os sites que ela acessa ou saber se o conteúdo clicado é ou não seguro? De acordo com o Google, se os pais decidem por liberar o acesso à internet, é melhor que sigam algumas medidas simples de segurança.

1. Ative o SafeSearch na busca do Google

Anúncio

FECHAR

Os filtros do SafeSearch oferecem a possibilidade de alterar as configurações de seu navegador a fim de impedir que sites com conteúdo adulto apareçam em seus resultados de pesquisa. Para ativar acesse a página “Configurações de pesquisa” (www.google.com/preferences) e marque a opção “Filtrar resultados explícitos”. Assim que definir suas preferências, clique em “Salvar” na parte inferior da página e também em “Bloquear Safe Search” – dessa forma, apenas quem tiver a senha poderá alterar essas configurações.

2. Ative o Modo de Segurança no YouTube

Crianças adoram assistir vídeos e o YouTube é um site bastante procurado por elas. Apesar de os vídeos do YouTube respeitarem as Diretrizes para Comunidades, os pais podem determinar que vídeos com conteúdo adulto não possam ser vistos pelas crianças. O que fazer? Basta acionar o Modo do Segurança. Na parte inferior de todas as páginas do site, há o botão “Segurança” – lá você pode deixar sua preferência como ‘Ativado’.

3. Ative o SafeSearch nos dispositivos móveis

O SafeSearch também está disponível nos dispositivos móveis (smartphones e tablets), assim como o Modo de Segurança do YouTube. Para ativar é fácil, basta acessar preferências e selecionar “Filtrar resultados explícitos”.

4. Utilize navegadores seguros

Os navegadores oferecem diferentes níveis de segurança para os usuários. O Chrome, por exemplo, oferece ainda uma proteção integrada contra malware (software destinado á se infiltrar em seu sistema) e phishing (prática que colhe informações pessoais através de mensagens falsas) , exibindo uma mensagem de aviso antes de você visitar um site suspeito que possa conter algo que prejudique seu computador.

5. Tome cuidado com seus dados pessoais

É muito importante ensinar as crianças que elas não devem compartilhar informações pessoais na internet, como nome, endereço, fotos e a escola em que estudam. Também é importante orientá-las sobre a importância de não compartilhar senhas (algo que elas costumam fazer com amigos) e não interagir com pessoas desconhecidas online.

 

Veja um bate papo entre especialistas comentando o tema: