Colunas / Mãe em looping

Natal e a tão sonhada foto com o Papai Noel

É necessário respeitar o tempo da criança com o Papai Noel - Getty Images
Getty Images

Publicado em 08/12/2022, às 12h25 por Geovanna Tominaga


Quem tem medo de Papai Noel? Eu não tenho lembranças da minha infância de temer o bom velhinho. Nas minhas lembranças, o Papai Noel era um senhor fofo, de barba branca com bochechas rosadas que passava o ano todo construindo brinquedos para as crianças comportadas. Era dezembro de 2019 quando o Gabriel completou 6 meses de vida. Lembro da alegria que senti quando avistei a decoração de natal nos corredores de um shopping da cidade. Havia uma poltrona vermelha e nela, o Papai Noel. Pra minha sorte, não havia filas. Engatei a marcha e acelerei com o carrinho de bebê. Eu iria registrar a primeira foto do meu pequeno com o Sr. Noel. Fiquei emocionada!

Será que ele está chegando? Veja como rastrear ao vivo o Papai Noel nesta noite
É necessário respeitar o tempo da criança com o Papai Noel (Foto: Getty Images)

Compartilhei o clique no grupo da família e saí de lá fazendo as contas… No próximo ano, o Gabi terá um ano e meio. Já vai estar andando e curtindo o natal com a família. Resumo da história? Lockdown. Nada de shopping, nem Papai Noel, muito menos fotos… Acho que nem árvore montamos naquele dezembro de 2020. Meu filho cresceu durante a pandemia, sem ver muitas pessoas. Quando pudemos voltar a ter contato físico, ele estranhava tudo e todos. Imagine se iria gostar de um homem imenso todo vestido de vermelho, com uma barba branca que esconde o rosto todo e, na cabeça, um gorro esquisito. Ninguém anda vestido assim pelas ruas, muito menos aqui no Rio de Janeiro, no verão de mais de 40 graus.

Frustração total para uma mãe que ama o clima natalino… E os meus sogros então? A família do Edu leva o natal a sério, assim como a minha. Acontece que minha sogra tem uma coleção de Papais Noeis de tudo quanto é tipo. Os bonecos decoram a sala da estar durante o mês todo. Ano passado, quando o Gabriel entrou na casa dos avós, quase teve um treco! Não se aproximava de nada, embora tenha demostrado certa curiosidade com aqueles que tocavam música e se mexiam. Eu não queria assustá-lo mas incentivava a aproximação. Quem sabe assim, eu não conseguiria a tão sonhada foto de fim de ano com o bom velhinho.

Bolei um plano! Sequestrei alguns itens da coleção e levei pra casa. Volta e meia, eu ligava um “Elvis Noel” ou uma “Rena do nariz vermelho” piscante pra ver se aguçada a curiosidade dele. No início, o Gabi dava um salto pra trás e se escondia. Com o tempo, meu filho começou a me pedir pra apertar o botão do Noel musical. Ele até dançava ao som da música, mas bem de longe… Aos poucos, o Gabi foi chegando mais perto, mais perto… Mas não tocava nos bonecos, nem que fosse pra apertar o botão que acionava a música. Eu estava feliz com as nossas conquistas dele. Acreditei que aquele seria o ano em que meu filho aceitaria receber o presente das mãos do ator fantasiado que visitou a escolinha. Que nada! Foi a prof que pegou o brinquedo que eu mandei…

Este ano, comecei uma estratégia diferente. Assim que os corredores dos shoppings se encheram de vermelho, trouxe o tema para aos nossas conversas. Comecei a contar histórias sobre o Natal e o Papai Noel, mostrar itens de decoração pra ele. Até compramos um calendário e um livro de atividades pra esperar o dia 24 chegar. Incentivei meu filho a escrever cartinhas e fazer desenhos do bom velhinho… Encontramos com a figura sentada na poltrona do shopping, mais uma vez o medo e a insegurança tomou conta do meu filho. Ele se escondeu atrás das minhas pernas e começou a suar frio e dizer que não queria tirar foto. Neste dia, não forcei a barra. Sentamos e fizemos alguns desenhos e colocamos no correio do Polo Norte. A cada dia, ele tem aceitado melhor o universo natalino. Até pediu pra decorar a árvore comigo e fez questão de colocar ele mesmo a estrela no topo. Se vou conseguir uma foto de família este ano ao lado do Papai Noel? Não sei. Só sei que vou respeitar o tempo dele e a cada ano, aos pouquinhos, dar mais um passo em direção ao tão sonhado clique.

Viagem em família: veja o passo a passo de como fazer o check-in em um navio


Leia também

Nahim pediu para ter caixão no chão para se despedir dos cachorros - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Nahim tem despedida emocionante com caixão no chão para que os cachorros se despeçam do cantor

Nahim e a filha não se falavam desde 2019 - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Entenda o motivo da filha de Nahim ter sido proibida de ir ao velório do pai

Ex-esposa do cantor falou qual a real causa da morte de Nahim - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Ex-esposa de Nahim fala qual foi a verdadeira causa da morte do cantor

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ana Hickmann e Edu Guedes comemoram 1ª noite em casa nova com jantar romântico

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Ana Hickmann e Edu Guedes - Reprodução: Instagram

Família

'Cinco quartos, garagem e escritório': Edu Guedes dá detalhes de mansão com Ana Hickmann

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Ex-mulher de Nahim proíbe a presença de filha do cantor no velório: "Não vai se despedir"