Colunistas

Passo a passo de cada dia

Cada fase da criança tem suas riquezas e ela será base para as próximas

coluna-ligia

(Foto: Shutterstock)

Pais e filhos constróem-se como pais e filhos no dia-a-dia com base no que aprenderam e aprendem sobre pais e filhos e nas experiências próprias e alheias. Com estes elementos, arriscam, erram, desanimam, choram, alegram, vibram, sentem frios na barriga, apertos no coração, suspensão de respiração e quase sem perceberem vão sendo e se fazendo pais e filhos. E como é, em geral, lindo, rico, difícil e amoroso este processo!

Mas há algo que é bem comum na relação entre pais e filhos e que merece nossa atenção. Muitos pais, ansiosos pelo desenvolvimento do filho, acabam por perder as preciosidades da fase em que ele se encontra e ficam por ansiar a próxima. A criança começa a engatinhar e já não se vê a hora que ela ande, que fale, que corra, que se limpe só e por aí vai. Até que começa a namorar e já lhe perguntam quando irá casar. Casam, e logo perguntam quando virá o bebe. E assim segue. Somos acostumados a ansiar pelo amanhã deixando muitas vezes o hoje acontecer sem a atenção merecida e necessária. O futuro importa sim, mas ele é feito do presente, do que foi feito com o presente.

Cada fase da criança tem suas riquezas e ela será base para as fases que virão. Apreciá-las e proporcionar riquezas ao seu desenvolvimento, fará toda a diferença na formação do seu filho. Pois a criança nasce em potencial, não é determinada. O seu desenvolvimento dependerá da genética, mas em especial do meio em que está inserida, do que ele tem a oferecer e do modo como ela se relaciona com este meio. Vale ressaltar que esta relação é aprendida, como também sabemos que quanto mais aprendizagens, mais desenvolvimentos. Mas, atenção, na medida certa, sem exageros para mais ou para menos. Sem superestimar ou subestimar. Mas qual a medida certa?

Anúncio

FECHAR

Cada criança tem a sua, pois como vimos depende da genética e do meio. Todavia, se os pais aprendem mais sobre o seu filho e suas possibilidades, conseguirão perceber muito mais coisas no cotidiano e poderão agir de forma mais assertiva com estímulos significativos que favoreçam o desenvolvimento integral da criança, sabendo em cada momento o que ajuda e atrapalha neste processo. Além de beneficiar e muito a criança, os pais ao perceberem mais do seu desenvolvimento, perceberão o quão delicioso é acompanhá-lo passo a passo, sem pressa para a próxima fase. Preocupam-se em bem formar e se deliciar no hoje. Claro, sem perder o amanhã, que é fundamental para direcionar o agora. Ajuda perguntar: Que filho querer e para que mundo?

Há vários estudiosos e ciências que ampliam nossa percepção para a criança, contribuindo para que a nossa ação possa ir a favor do seu desenvolvimento. Usar e abusar dos saberes e ter um tempo de dedicação ao filho que lhe permita agir e saborear as conquistas trarão enormes benefícios para a criança e para a relação de vocês.

Tudo a seu tempo. Desfrutando cada passo das tantas conquistas, desafios, dificuldades, facilidades… Tudo contribui para o passo a passo de cada dia. Andar, cair, levantar, andar… Andando. Passo a passo, sem adiantar e sem perder a hora.

Leia também:

Tarefas possíveis para seu filho fazer

10 dicas para educar um filho responsável

Tempo de férias

Pais&Filhos TV