Coluna

Ano novo, escola nova e a certeza de que vai dar tudo certo

Mudança de escola: como preparar seu filho para esse momento - (Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Publicado em 23/01/2024, às 11h42 por Taís e Roberta Bento


O início da vida escolar de um filho é sempre um período que envolve uma mistura de sentimentos para os adultos responsáveis: orgulho, insegurança, ansiedade. E ao longo da vida de estudante de nossos filhos outros momentos vão trazer de volta a sensação experimentada quando matriculamos o filho na escola.

A mudança de escola, seja qual for a idade da criança, é um grande desafio para toda a família. E por mais que seu filho possa estar ansioso pelas novidades que vai encontrar, acredite: os pais acabam sofrendo mais do que as próprias crianças, que se adaptam muito rapidamente a mudanças.

Saiba como preparar seu filho para entrar em uma nova escola (Foto: Getty Images)

Em meio ao início de um novo ano, precisamos lidar com preparativos como material escolar, uniforme, transporte, organização dos horários. Envolver a criança, na intensidade apropriada para a idade, ajuda a preparar um início de ano letivo mais leve. Não deixar essas providências para última hora também ajuda no equilíbrio emocional dos adultos, fator fundamental para a segurança da criança e relação positiva com a escola.

Descobertas muito recentes comprovam que um outro componente precisa de um olhar carinhoso de nossa parte: as relações sociais têm enorme impacto na aprendizagem. Faz muita diferença para o aluno estar em um ambiente em que ele sinta a segurança de estar apoiado por amigos.

A dica é aproveitar as férias para aproximar seu filho de outras crianças que estudam na mesma escola na qual ele vai estudar. Isso pode requerer um esforço extra da família, mas será um dos investimentos de tempo e energia com maior retorno que você terá feito.

Uma forma de fazer isso é se aproximando de famílias na região próxima da escola. Um parque, cinema, praça da vizinhança pode ser o ponto de encontro de crianças que estudam nas escolas mais próximas. Vale também combinar um lanche ou organizar uma tarde de brincadeiras, combinando com outras famílias que têm filhos na nova escola.

Relaxe e lembre-se de que o objetivo não é que as crianças se tornem amigas de imediato. O simples fato de reconhecer rostos familiares ou sentir que tem alguém conhecido nas primeiras semanas de aula já é o suficiente para que a criança se sinta socialmente incluída naquela nova comunidade. Grandes chances de que os filhos não sejam os únicos a se beneficiar. Certamente os pais vão acabr redescobrindo o quanto a vida em comunidade beneficia a todos! 


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Virginia Fonseca - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Virginia Fonseca toma atitude após Maria Alice empurrar Maria Flor: “Dói mais na gente”

Copo Stanley - Divulgação

Super desconto

App Day Amazon: os famosos copos térmicos da Stanley com até 55% de desconto

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto do filhos - Reprodução/ Instagram

Família

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto dos filhos em fotos nas redes sociais

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar