Bebês

Ninguém merece sapato desconfortável, principalmente os bebês

Cada fase exige uma característica especial

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

(Foto: Shutterstock)

Na imagem, vemos um modelo de sapato no estilo All Star. Esse, só para os grandinhos!! (Foto: Shutterstock)

Se você quer colocar um sapatinho no seu bebê para deixar ele com o look ainda mais fofo, saiba que é necessário ter alguns cuidados com esse tipo de calçado. Para os bebês, o conforto é essencial, assim como a leveza. “O ideal é que seja bem molinho, bem macio, para que não force uma posição”, explica Patrícia Fucs, mãe de Scylla, vice-presidente da Sociedade de Ortopedia, especializada em atendimento infantil.

Leia também

Aprendendo a amarrar o tênis

Anúncio

FECHAR

Sapatos de salto alto para bebês geram polêmica nos EUA

Na hora da compra, é necessário que o sapato seja folgadinho no pé, não tenha pontos de pressão e não machuque! Muitas vezes, os bebês ficam entre números, ou o calçado fica folgado ou justo; o importante é saber que justo nunca é a melhor opção!

Há 14 anos, nasceu a Sofia, a primeira filha de Ana Claudia Mcinerney. Junto com a menina, nasceu a vontade da mãe de proporcionar um tipo de calçado mais adequado para as necessidades de um bebê. O pai, Scott, se empenhou na missão! Ele pegou um sapatinho de modelo e começou sua empreitada. Durante um ano, foram realizados diversos testes com a Sofia, até que os pais chegaram no resultado que imaginaram. Assim nasceu a  Tip Toey Joey.

Uma fisioterapeuta acompanha todo o processo para garantir a qualidade, conforto e design. “Quando os bebês andam na ponta do pé (o que acontece muito), o sapato sai do pé. Então ele não pode atrapalhar. A grande ideia que tivemos foi o elástico embutido. Ele tem cara de sapatinho, mas o conforto de uma pantufa”, afirma Ana Claudia.

Sapato Tip Toey Joey, modelo Dolly Doll (Foto: Divulgação)

Sapato Tip Toey Joey, modelo Dolly Doll (Foto: Divulgação)

Qual o sapato certo para cada fase do seu filho?

– Enquanto ele não anda
O sapato é um enfeite. Quanto mais molinho for, melhor!

– Quando começa a andar
O principal é que não tenha salto, solado de borracha para não escorregar e ser bem preso no peito do pé.

– Depois que já aprendeu a se equilibrar completamente
Tênis vira o calçado ideal, por ser confortável, ter sola com amortecedor, um solado baixo e ser leve.