Recém-Nascido

As primeiras horas do bebê

Descubra o que você deve esperar das primeiras 24 horas do recém-nascido

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Seu primeiro dia com o bebê será excitante, emotivo e um pouco cansativo. Assim que você puder ficar sozinha com ele sentirá um misto de sensações e pode até ser que sinta-se um pouco perdida sobre o que fazer com aquele ser que acaba de nascer. Saber o que esperar das primeiras horas fará desse momento ainda mais especial e pode ajudar a pressão ser mais leve.

Os primeiros 5 minutos

Assim que seu bebê nascer, os médicos irão aspirar seu nariz e boca para limpar e tirar qualquer muco a fluído amniótico, assim ele começará a respirar por si só. O médico irá cortar ou deixar que seu parceiro corte o cordão umbilical antes de realizar o teste de Apgar – que consiste em avaliar os batimentos cardíacos, respiração, tônus muscular, reflexo e, finalmente, sua cor. Os pontos do teste vão de zero a dez, mas qualquer coisa acima de sete é geralmente considerado saudável.

Anúncio

FECHAR

Muitos bebês pontuam entre 8 ou 9 se seu bebê tiver uma pontuação baixa, a causa será anotada e novos testes serão realizados nos próximos 5 minutos ou até que tudo esteja certo. Não se preocupe: muitos bebês que recebem uma baixa pontuação nesse primeiro teste podem ser desenvolver naturalmente, afirma Michael A. Posencheg, diretor-médico da enfermaria de recém-nascidos do Hospital da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Enquanto você estiver expelindo a placenta, seu bebê será pesado e limpo. Normalmente, uma enfermeira irá limpá-lo e aquecê-lo até que ele esteja pronto para manter sua temperatura – processo que pode levar de minutos a horas. Você poderá assistir todo esse processo, mas você também poderá estar recebendo os pontos devido aos cortes, se necessário.

Primeira hora

Enquanto seu bebê estiver na sala de parto, irá receber uma dose de solução de nitrato de prata nos olhos para prevenir a conjuntivite neonatal. Ele também recebe vitamina K que ajuda na coagulação do sangue. Se você vai amamentar, é melhor que faça isso assim que conseguir, mesmo que tenha feito cesárea você pode pedir que a enfermeira te ajude no processo de amamentação.

Segunda e terceira horas

Agora que todos os testes iniciais estão completos, vocês passarão um bom tempo a sós. Em alguns momentos, a enfermeira virá para examinar o recém-nascido para ver se tudo está dentro dos conformes. Ela irá checar o pulso, sentir o abdômen, ver se os genitais se formaram normalmente. Se seu bebê nasceu prematuro, ele deverá passar suas primeiras horas na enfermaria ou na incubadora, onde terá sua temperatura mantida, coração e respiração checados e você poderá visitá-lo lá. Lá, seus sinais vitais serão checados a cada 30 minutos pelas primeiras duas horas, depois a cada quatro a seis horas. Se os sinais não estiverem estáveis depois de duas horas, ele deverá ser encaminhado para a UTI neonatal.

Hora 4 a 22

Você passará esse tempo aprendendo a cuidar do seu bebê. Você provavelmente contará com a ajuda de uma enfermeira para o primeiro banho, a limpar o umbigo e para trocar a fralda. Você também aprenderá a segurar e ninar seu filho no colo, de uma forma que será única para os dois. Uma enfermeira também irá te lembrar de amamentá-lo a cada duas ou três horas. Muitas maternidades têm consultores de amamentação para ajudar nessa tarefa que pode não ser tão simples no começo. Neste período, você deverá começar a receber as visitas, o que também é animador.

Hora 23 a 24

Neste ponto, o bebê já terá sido avaliado por um pediatra – a não ser que um problema tenha sido descoberto após o nascimento, neste caso, mais exames serão realizados. O médico irá aferir os riscos de infecções, checar qualquer malformação e conferir se ele está se alimentando e respirando normalmente.

Ele ainda será avaliado para saber se está com icterícia que deixa a pele amarelada devido ao excesso de bilirrubina no sangue. Bebês com esta condição – isso é bem comum – devem ser expostos a um tipo especial de luz. Em casos raros, se não for tratada, a icterícia pode causar danos cerebrais.

Antes de sair da maternidade, você deverá realizar em seu filho o Teste do Pezinho que detecta precocemente doenças metabólicas, genéticas e infecciosas. Esta avaliação é extremamente importante, porque se o bebê tiver alguma das alterações, deve ser tratado o quanto antes.

Pouco antes de deixar a maternidade

Normalmente, você ficará de 24 a 42 horas na maternidade após um parto normal. No caso de cesárea, você passará de três a quatro dias. Pouco antes de partir, o recém-nascido poderá realizar o Teste da Orelhinha, que ao contrário do Pezinho não tem nenhum furo, na avaliação, um fone de ouvido acoplado a um computador será colocado no bebê para checar as respostas do seu cérebro diante dos sons.

Ele também será pesado e você perceberá que ele perdeu um pouco de peso desde o nascimento, isso acontece pela perda de água porque o bebê não está mais envolto no líquido amniótico.

Antes de entrar no carro com a criança, confira se está tudo certo com a cadeirinha que é obrigatória. Logo você percebe que está por conta própria e que mesmo contando com a ajuda do pai e de parentes não está mais aparada pelos médicos e enfermeiros do hospital. A insegurança é natural, mas não entre em pânico. Ninguém vai para a casa sentindo-se totalmente pronta para a missão. Tente relaxar e aproveitar cada minuto com o novo membro da família, seu filho.

Recomendação de leitura:

A Vida do Bebê, dr. Rinaldo de Lamare, ed. Agir, R$ 78,80

O que Esperar do Primeiro Ano, Arlene Eisenberg, Sandee Hathaway e Heidi Murkoff, ed. Record. R$ 81