Pais

Fim da licença-maternidade! Você já se organizou para voltar ao trabalho?

Esse momento precisa de planejamento

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Seu filho nasceu e você está em casa com ele aprendendo tudo o que uma mãe de primeira viagem precisa saber. Afinal, essa novidade na vida de qualquer mulher é muito gostosa, mas gera bastante preocupação e dúvidas. Vocês dois vão aprender juntos como funciona a dinâmica. Porém, existem mil outras coisas para você pensar e resolver, o trabalho é uma delas. Quando é o momento certo de voltar a trabalhar? Como você se organiza para isso?

Essa é uma decisão difícil e que requer bastante planejamento. Por incrível que pareça, você não está sozinha! Você pode contar com a ajuda de profissionais como a Manu Maia, filha de Maria Virginia e Manoel, que é especialista em desenvolvimento humano, fundadora do Sons do Coração e apoia mães nessa fase tão especial.

Leia também:

Anúncio

FECHAR

Dúvidas e dilemas sobre trabalho e maternidade: Você também tem?

Sou feliz na maternidade porque também me realizo no trabalho!

Cansado de tentar equilibrar trabalho e família? Você não está só!

A Manu desenvolve um trabalho onde acompanha a mãe e a ajuda a se planejar para a fase da licença-maternidade e tudo o que envolve esse processo. “Com certeza o planejamento prévio é a melhor solução para diminuir a ansiedade e dar mais tranquilidade na execução da nova rotina atendendo as necessidades do bebê e da mãe”, explica.

Além de tirar as principais dúvidas e inseguranças das mães, a Manu ainda dá dicas de como você deve conversar com o seu chefe e sobre a importância de se manter atualizada acerca do mercado de trabalho no tempo em que estiver fora.

Conversamos com a Julia Soares de Amorim, mãe de Helio, 2 anos e grávida de Aurora, empreendedora e dona de uma empresa de cerimonial e assessoria de casamento. Na sua primeira gravidez, ela não teve nenhum planejamento e as coisas foram bem corridas. “Voltei ao trabalho quando o Helio tinha um mês. Eu sou microempresária e, na época, eu tinha uma assistente. Mas como o trabalho é muito pessoal, as clientes requisitam que seja eu. Acho que por falta de experiência de ser mãe, não consegui me preparar da forma que eu deveria. Eu achei que ia ser tranquilo, mas foi muito desafiador”, conta.

Já na gravidez da Aurora, ela está contando com a ajuda da Manu e, juntas, analisaram pontos que a atrapalhavam e outros que poderiam continuar sendo feitos. Com isso, ela abandonou um de seus serviços, que era de decoração e agora tem mais tempo. Agora, elas estão fazendo um plano para o trabalho, junto com a organização do enxoval e como tirar a licença.

“Tem algum ponto da falta de experiência que a gente não consegue controlar mesmo, mas ter alguém de fora que te ajude e te faça pensar, faz a diferença. Tem coisas que recaem muito sobre a mãe, mesmo que ela tenha a participação de outras pessoas”, conta Julia.

Planejamento é tudo, não importa se você vai fazê-lo sozinha ou com a ajuda de alguém como a Manu. Pensar em coisas como com quem o bebê vai ficar na sua volta ao trabalho são importantes desde a gravidez. Se organize para que tudo seja da melhor forma possível para vocês!