Notícias

Veja o que o futuro prepara para as fraldas do seu filho

Para cientista responsável, xixi da criança é uma ótima fonte de informação

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Em meio a tantas tecnologias e recursos é quase impossível imaginar quais serão os próximos lançamentos. Voando longe uma empresa de Nova York, Estados Unidos, lançou o futuro das fraldas, a chamada fralda digital. Mas antes que você já se anime muito essas fraldas do futuro ainda não se trocam sozinhas (continuem sonhando, mães e pais!). Mas é tão animador quanto, elas analisam o xixi do seu bebê para detectar doenças como infecções do trato urinário ou desidratação.

O cientista responsável pela engenhoca, Yaroslav Faybishenko, da Pixie Scientific disse ao jornal The New York Times que estava dirigindo seu carro com sua esposa e filha quando sua mulher perguntou se o bebê tinha se molhado. “Foi quando percebi que ela estava sentada em dados de computador”. Um tanto nojento, porém brilhante!

É assim que funciona: uma parte da fralda contém um material que muda de cor com base na interação com proteínas, bactérias e teor da água encontrados na urina (uma parte fica sempre branca como forma de comparação). Quando os pais forem trocar seus filhos, podem tirar uma foto dos quadrados com um aplicativo de smartphone             que irá analisar a reação química para você – e até mesmo enviar as informações para o pediatra de seu filho. Uau!

Anúncio

FECHAR

Claro que se seu filho ainda usa fraldas você já se animou para comprar essa nova invenção, certo¿ Mas calma. Antes de chegar nas prateleiras do supermercado, elas serão testadas em hospitais. Se os testes forem bem sucedidos, elas então deverão ser aprovadas pelos órgãos governamentais competentes. E, claro, ao chegar às lojas esses itens terão um valor cerca de 30% maior do que as fraldas descartáveis tradicionais.