Notícias

Pesquisa australiana diz que cesárea não afeta a saúde do bebê

Segundo a pesquisa, os problemas de saúde de uma criança não são resultados diretos de cesáreas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

pesquisa cesária

Pesquisas de longa data tem mostrado que crianças nascidas de cesárea são mais propensas a terem problemas sérios de saúde do que as que nasceram de parto normal. Mas, um novo estudo de pesquisadores da Universidade La Trobe, em Melbourne, Austrália, contestaram isso, dizendo que a cesariana não é necessariamente a responsável pela má saúde das crianças.

O estudo acompanhou 5100 crianças e descobriu que havia pouca consistência sobre problemas de saúde em crianças nascidas através de cesariana. Em vez disso, eles disseram que problemas como obesidade eram mais prováveis em crianças nascidas de mães obesas.

Anúncio

FECHAR

“Quando levamos em conta fatores relacionados ao nascimento, desvantagem social, peso materno e aleitamento, encontramos algumas associações entre a cesareana e o parto da criança”, diz Elizabeth Westrupp, responsável pela pesquisa e pesquisadora da Escola de Enfermagem da Universidade La Trobe.

Apesar disso…

Enquanto o resultado dessa pesquisa é uma boa notícia para mães que precisaram passar pela cirurgia para dar à luz, é recomendável que as cesáreas só sejam feitas com indicação médica, já que o procedimento pode apresentar risco para mães.

“Só de o corpo ter que passar um procedimento cirúrgico, coisas ruins podem acontecer, embora em alguns casos ele seja necessário para salvar a vida da mãe e do bebê”, afirmou o Dr. Aaron Caughey, médico presidente do departamento de obstetrícia e ginecologia na Oregon Health & Science University, em Portland.

E você, o que achou da pesquisa?