Notícias

OMS classifica alimentos como cancerígenos. Saiba quais são

Relatório alerta para risco de alto consumo de carne processada, como bacon e salsicha

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

alimentos processados

Publicado nesta segunda (26), um novo relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmou que o consumo de alimentos processados, como salsichas, bacon e nuggets aumenta o risco de câncer de intestino. O documento classificou carnes processadas como um fator de risco certo para a doença (categoria 1 dos alimentos sabidamente carcinogênicos), e carnes vermelhas como um fator de risco “provável” (provavelmente carcinogênicos).

A associação entre a doença e os alimentos processados também foi observada para os cânceres de pâncreas e de próstata. O grupo 1 já inclui tabaco, bebidas alcoólicas e amianto, por exemplo, que já têm evidência suficiente de ligação com o câncer. O relatório foi feito pela IARC (Agência Internacional de Pesquisa do Câncer), um órgão da OMS.

Anúncio

FECHAR

A definição da IARC para carne processada inclui produtos “transformados por salgamento, curagem, fermentação, defumação e outros processos para realçar sabor ou melhorar a preservação”, conforme artigo publicado por cientistas do órgão na revista médica “The Lancet”. Todos os produtos classificados na categoria 1 como causadores da doença não têm nível seguro de consumo, por isso, é melhor ficar de olho!