Notícias

Ministério da Educação divulga resultado do Enem por escola

Mais de 1,2 milhão de alunos fizeram a prova em 2014. As escolas mais bem colocadas foram as particulares e as federais. Saiba mais!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Colorful Abacus

O Ministério da Educação (MEC) apresentou ontem o resultado por escola do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. A prova, que foi realizada no segundo semestre do ano passado, é uma das variantes que muitos pais usam na hora de escolher onde matricular o filho, principalmente porque o Enem é válido como vestibular para muitas Universidades Federais do Brasil.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi responsável por essa divulgação na manhã de ontem. São 15.640 escolas de todo o país classificadas de acordo com o desempenho dos alunos. A média geral das escolas não é mais apresentada em formato de ranking, para evitar comparações entre as escolas. Especialistas garantem que o resultado do Enem isoladamente não pode definir a qualidade de uma escola, existem outros elementos que precisam ser considerados, como a linha pedagógica, por exemplo.

Anúncio

FECHAR

“O pai não pode só olhar o ranking puro do Enem ao matricular o filho na escola”, disse o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro em declaração oficial. “Nós queremos dar os dados do Enem, mas mostrar que não são absolutos, podem ser interpretados de formas diferentes”, ressaltou o ministro.

De olho no ranking

A principal diferença que se nota na comparação dos resultados é a classificação das escolas particulares em relação às escolas públicas. Só 93 escolas públicas entraram no ranking das mil com as melhores notas, o que equivale a menos de 10% do total. Mas esse número vem aumentando: em 2013, foram apenas 78 escolas públicas na lista.

A região Sudeste do país é a que mais se destaca nas notas. O estado de São Paulo, por exemplo, tem 5 das 20 escolas com melhores classificações, todas elas particulares ou federais. Os estados da região Norte e da região Sul do país não aparecem entre as 20 melhores. Outro dado interessante: as escolas co menor número de alunos têm melhor desempenho na prova, ou seja, as turmas são menores e em muitas delas os alunos são separados de acordo com o desempenho. Na edição de 2014 da prova, nenhuma das 20 escolas com melhor desempenho é pública.

O presidente do Inep, Chico Soares, afirmou que a realidade brasileira é de escolas muito diferentes entre si: “As escolas de Ensino Médio brasileiras formam um conjunto muito heterogêneo, principalmente em relação às características socioeconômicas de seus estudantes, e esses fatores precisam ser levados em consideração”, disse ele. De acordo com o ministro da Educação, não é apenas a qualidade da escola e dos professores que influenciam na nota do Enem, mas também a realidade social e econômica do aluno que faz a prova.

Para saber mais sobre o desempenho de cada uma das escolas, acesse o Portal do INEP ou confira a lista para download aqui. Mas antes, veja a legenda que fizemos para você saber o desempenho das escolas em cada uma das áreas do conhecimento avaliadas pelo Enem:

LC: Desempenho em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
RED: Desempenho em Redação
MAT: Desempenho em Matemática e suas Tecnologias
CH: Desempenho em Ciências Humanas e suas Tecnologias
CN: Desempenho em Ciências da Natureza e suas Tecnologias