Notícias

Menino de três anos escreve carta para seu cãozinho que morreu e recebe uma surpresa

Luke e sua mãe escreviam cartas e mandavam pelos correios. Um dia, eles receberam em casa a resposta do cãozinho Moe

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A gente sabe como é difícil para uma criança, e até para um adulto, quando nosso bichinho de estimação morre. Não importa a idade, a sensação é a de que perdemos um membro da família, alguém muito especial que vai ficar para sempre na nossa memória e nas nossas lembranças. Luke, um menino de apenas três anos da cidade de Norfolk, estado da Virgínia, nos Estados Unidos, ficou muito triste depois que seu beagle Moe morreu, em abril desse ano.

O menino e a mãe, a americana Mary Architzel Westbrook, passaram a escrever cartas para o cãozinho, com o destinatário “Moe Westbrook, Céu dos Cachorrinhos, Nuvem 1″. O que ninguém imaginava é que, em vez de jogar as cartas fora, um funcionário dos correios resolveu responder uma das cartinhas. Luke recebeu em casa um bilhete escrito “De Moe”, quando abriu, uma surpresa: a resposta de seu melhor amigo. “Eu estou no céu dos cachorros. Brinco o dia todo. Estou feliz. Obrigado por ser meu amigo. Te amo Luke”, dizia a cartinha.

Mary ficou comovida com a boa ação: “Receber o bilhete me lembrou da bondade das pessoas e o quão grande pode ser um pequeno gesto”. A notícia foi divulgada pela revista americana Distinction Magazine. Apaixonante, não? 

Anúncio

FECHAR