Notícias

Mãe não sabia que estava grávida, fez cirurgia bariátrica e teve o filho em casa

Vanessa teve fortes dores à noite, sua bolsa já havia estourado no dia anterior e ela imaginou que estava morrendo. Era o Arthur que estava chegando

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

bebe-em-casa

Em 2014, Vanessa Wanderley, de 35 anos, reuniu toda a sua coragem para fazer uma cirurgia bariátrica. Fez todos os exames necessários entre julho e agosto. A cirurgia foi agendada para outubro. Até então tudo ocorreu bem com o procedimento. Mas após 45 dias da operação, ela relatou ao médico que vomitava um líquido branco. Ela mal imaginava que isso não tinha relação alguma com a cirurgia.

Ao longo dos meses, Vanessa foi emagrecendo cada vez mais e seguiu a dieta à risca, mesmo com uma anemia muito forte e uma séria infecção urinária. O médico alertou que o risco de gravidez aumentava muito após a cirurgia, com a perda de peso. “Eu deveria me prevenir, porque o bebê poderia ter complicações devido ao fato de meu organismo não absorver algumas vitaminas. Em 13 anos de casamento e com dificuldades para ter um bebê, estar grávida era algo que nunca passava pela minha cabeça”, explica Vanessa.

Anúncio

FECHAR

No dia 27 de maio deste ano, ela acordou com a cama molhada e, sem entender o que havia acontecido, pediu para que o marido tirasse os lençóis e colocasse para lavar. Os dois riram da situação e cogitaram que ela tivesse feito xixi enquanto dormia, sem perceber. Era sua bolsa que havia estourado. Já no dia seguinte, ela sentiu muita fraqueza e fortes dores no abdômen. Vanessa decidiu deixar para depois e ir ao hospital de madrugada.

Foi quando tudo piorou. No meio da noite, sentiu uma cólica com uma intensidade diferente das que estava acostumada. Os intervalos das pontadas diminuíam cada vez mais. Vanessa pediu ao marido que pegasse um remédio para dor na casa de seus pais e correu para o chuveiro, com as mãos e joelhos no chão. Quando colocou a mão em sua vagina, sentiu algo ali e pensou que todos os seus órgãos estavam saindo de seu corpo.

Depois que seu marido chegou com o remédio, ela fez força para se levantar e sentiu que algo estava saindo por entre suas pernas. Ela rapidamente colocou as mãos e viu que, na verdade, era um bebê. “Sinceramente, é impossível descrever de forma correta e explicar o que senti naquele momento. Milhões de perguntas passavam pela minha cabeça: Como poderia ser uma criança? Eu nunca imaginei que estava grávida? Minha barriga não cresceu?  Eu não comia quase nada! Como pode ser perfeito?  As dores que eu estava sentindo não eram do estômago? Eu não vou morrer? Sei que meu marido me segurou e me colocou sentada no vaso sanitário. Ele me cobriu com um edredom e foi buscar ajuda”, contou Vanessa.

A maior correria começou. Se já acontece um grande quando o bebê que é esperado há nove meses vai nascer, imagina quando ele vem de surpresa? Todas as pessoas que conheciam o casal ficaram incrédulas, inclusive os pais de Vanessa, que só acreditaram que Arthur havia nascido quando o viram no hospital. “Toda a preparação do enxoval, que demora nove meses, foi feita em uma hora. Minha vida mudou completamente e tive que ler e aprender tudo sobre recém-nascidos na prática”, relata Vanessa.

Arthur nasceu saudável, com 48 centímetros e 3,010 quilos, no nono mês de gestação. Hoje, ele está com quatro meses e é um bebê super amado!

1620498_1140641102632225_4213390936831945281_n