Notícias

Mãe e avó

Débora de Mello, mãe de Maria Amélia e Ana Luísa, foi pega de surpresa com a gravidez da primeira filha. Mas sempre quis ser mãe!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Hoje tenho 48 anos, sou mãe de uma mulher de 28, que também já é mãe, e eu avó. Também tenho outra filha de 15 anos.

Tive a primeira filha com 19 para 20 anos. Fui pega de surpresa, mas sempre quis ser mãe e tenho certeza de que essa minha grande vontade foi o que mais me conduziu na vida, incluindo a amamentação da minha filha.

Anúncio

FECHAR

Na época da primeira gravidez, fiz um curso aqui em Belo Horizonte, com a Dr. Márcia Ratton, que na época também estava grávida. Era um grupo pequeno que se reunia uma vez por semana, todas gestantes. Hoje vejo que funcionava como um grupo de mútua ajuda, pois éramos conduzidas pela Márcia, mas todas participávamos ativamente, compartilhando as experiências vividas ou convividas com outras mamães.

Essa primeira filha eu amamentei por um ano e meio, a segunda já não gostava muito de leite algum, e mamou só 6 meses.Mas o mais importante de amamentar é o tempo que se passa a sós, entre mãe e bebê. É também uma mútua ajuda, na troca de olhares e carinhos.