Notícias

Executivo pede demissão após receber carta de sua filha de 10 anos

Mohamed El-Erian optou por sair do cargo de CEO após perceber que havia perdido momentos importantes com sua família

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Esse ano o executivo Mohamed El-Erian anunciou sua demissão do cargo de CEO da empresa Pimco, após 10 anos ocupando o cargo. A razão do afastamento é que, além de empresário, ele também é pai, e optou por passar mais tempo com sua filha de 10 anos.

A vontade de largar o emprego não veio do nada. Há cerca de um ano, após inúmeras situações em que sua filha não atendia suas orientações, como escovar os dentes, a menina lhe entregou uma carta com os eventos e atividades importantes que ele havia perdido por causa dos compromissos profissionais, e fez com que ele pensasse sobre o assunto.   

Anúncio

FECHAR

Para o executivo, havia uma boa desculpa para cada ausência, como viagens, reuniões importantes, telefonemas e compromissos inadiáveis. No entanto, na função de pai, companheiro e amigo, ele estava em falta. Em declaração, ele disse que foi um sinal de alerta, e um dos principais motivos pelos quais ele decidiu modificar sua vida profissional.

 Atualmente, o ex-CEO da Pimco realiza trabalhos apenas de meio período, que lhe dão mais flexibilidade e menos tempo fora de casa. No tempo restante, fica com a família e reveza com a esposa quem acorda a filha, prepara o café da manhã e leva para a escola. Em alguns dias, até consegue pegar a filha depois das aulas e ir para casa juntos.

El-Erian espera que as empresas deem mais atenção à importância do equilíbrio entre vida e trabalho e que mais pessoas optem por dedicar seu tempo às pessoas que amam.