Notícias

Cientistas dizem ter criado espermatozoide in vitro

A produção foi obtida a partir de células imaturas dos pacientes

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Pesquisadores da empresa francesa de biotecnologia Kallistem anunciaram esta semana a criação de espermatozoides humanos in vitro a partir de células testiculares imaturas. A produção de espermatozoides foi obtida a partir de células imaturas do aparelho reprodutor dos pacientes. Dessa forma, os especialistas acreditam que o método pode ser uma forma de reestabelecer a fertilidade masculina.

De acordo com Rodrigo da Rosa filho, ginecologista, obstetra e especialista em reprodução humana, da clínica Mater Prime e filho de Rodrigo e Diva, a pesquisa representa um grande avanço da medicina reprodutiva. “Entre 1% a 3% dos homens apresentam problemas como falta de espermatozoides no sêmen ou ausência de espermatozoides no testículo, mas possuem células precursoras”, afirma.No procedimento, esperma é extraído diretamente do testículo e as células coletadas cresceriam em cultura para assim formar os espermatozoides.

Segundo os cientistas, os estudos pré-clínicos durarão até 2016 e os estudos clínicos começarão em 2017. Os resultados da pesquisa ainda não foram publicados por conta do tratamento de marcas e patentes posterior.

Anúncio

FECHAR

O anúncio feito pelos pesquisadores franceses veio acompanhado de reações negativas de boa parte da comunidade religiosa local