Notícias

Bebê recebe implante impresso em 3D e tem problema respiratório curado

A prótese foi impressa em material de plástico que poderá ser absorvido pelo corpo em três anos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Um bebê americano chamado Kaiba Gionfiddo, de um ano e meio, recebeu um suporte de brônquio que foi feito em uma impressora 3D. O menino não conseguia respirar normalmente. Os médicos americanos relatam que ele parava de respirar todo dia, o que causava constantes colapsos de suas vias respiratórias, parando seus pulmões e, muitas vezes, seu coração também.

Com a permissão especial da FDA (Agência de vigilância sanitária dos EUA), foi implantado um tubo na criança, criado por médicos da Universidade de Michigan juntamente com outros 99 tubos. Em uma missão pioneira, os resultados foram positivos: Kaiba conseguiu respirar normalmente pela primeira vez de sua vida. Faz mais de um ano que a cirurgia foi feita e, quando aconteceu, o menino tinha apenas 3 meses de vida.

O tubo de traqueostomia (que o ajudava a respirar) deve ser retirado em breve, uma vez que não apresentou problemas desde a cirurgia. A nova prótese foi colocada em volta do brônquio com defeito e evita que ele se feche. O material da prótese, de plástico, pode ser absorvido pelo corpo em três anos enquando um novo tecido saudável cresce para substituí-lo, de acordo com os médicos responsáveis no caso. Matéria divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. Leia mais aqui. 

Anúncio

FECHAR