Mais

Pai ganha licença-maternidade após a morte da mãe

Ficamos super emocionados com a história de Marcos, que abre caminho para outros pais na mesma situação conseguirem o benefício

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Marcos Antônio Denke conseguiu na justiça o afastamento de 120 dias e o pagamento da licença-maternidade para cuidar da filha recém-nascida após a morte da esposa por complicações no parto. A decisão da 4ª Vara Federal de Joinville foi divulgada na última quarta-feira (28), quando a menina completou 2 meses. A licença-paternidade regular é de cinco dias.

“Agora, tenho esse tempo para acompanhar o crescimento da minha filha. Esses primeiros meses são importantes para a aproximação entre pai e filha. Criança recém-nascida é muito frágil e precisa de toda a atenção”, disse Marcos à Globo. O período de licença ainda não começou e o pai conta com a ajuda da tia e da avó.

Outros pais que estejam na mesma situação podem recorrer ao benefício junto à Previdência Social. Se não for concedido pelo INSS (o primeiro pedido de Marcos foi negado), o pai deve recorrer à Justiça Federal.

Anúncio

FECHAR

Pais&Filhos TV