Mais

Mães também erram

Alessandra, mãe de Maria, tem hábito de roer unhas e se sentiu culpada quando a filha seguiu o exemplo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Desde criança, tenho o péssimo hábito de roer unhas quando fico nervosa por qualquer motivo. Confesso que na adolescência melhorou um pouco. Acredito que seja uma forma de descarregar um pouco a tensão.

A partir do momento que descobri minha gravidez, já passei a pensar sobre a questão da boa educação e dos bons hábitos. Afinal, queremos sempre o melhor para os nossos filhos.

Depois de um dia tumultuado de trabalho e algumas preocupações, decidi dar uma volta e jantar no shopping com a minha família (eu, meu marido e Mariazinha), paramos para olhar uma vitrine e… Quando percebi minha filha com os dedos na boca! Disse a ela que não podia, que a boca ficaria cheia de bichinhos… Ela me olhou nos olhos e disse: “A Maria igual a Mamãe “. 🙁

Anúncio

FECHAR

Disse que eu estava errada em fazer isso e não queria que fizesse também, tentei distraí-la com outras coisas e voltei pra casa me sentindo um lixo. O papel de “mãe perfeita”, que só ensina coisas boas, caiu por terra naquele dia. Mas, sinceramente, hoje consigo enxergar melhor e que erro também, as mães também erram. Acho que tenho esse direito e o compromisso de corrigi-los, afinal sou uma mãe em construção.

Pais&Filhos TV