Mais

7 anos que valeram a pena

Sayuri conta os ensinamentos que tirou da culpa que a acompanhou durante 7 anos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Sou mãe de dois filhos lindos, Namie e Jun. Sou fã de longa data do Culpa Não, e não tenho palavras para descrever a alegria que senti ao ver que o tema do 10o Brunch será Culpa, não! Responsabilidade sim!. Após um tempo morando no Japão tive a primeira filha Namie em 20/01/2006, no interior do Mato Grosso do Sul. No hospital não fui orientada a respeito da amamentação, meu peito rachou e fui orientada a parar de amamentar com aquele peito. Resultado: uma mastite e em poucos dias a injeção para secar o leite – assim de repente me vi com uma mamadeira na mão, engolindo seco tudo que imaginei/sonhei a respeito da amamentação.
   Corta para Dezembro de 2012 – Maternidade em São Paulo e nascimento do meu filho Jun – 7 anos após o nascimento da Namie e digo que 7 anos com aquele sentimento entalado na garganta, o de não ter amamentado. Parece pouco, parece fácil, mas só para quem não sentiu na pele algo tão intimo ter sido negado como foi quando vi na maternidade mesmo darem a primeira fórmula à minha primeira filha. Agora eu estava pronta. Eu estava munida de muita informação. E deu tão certo que hoje ( Jun com quase 3 meses ) ajudo tantas outras mães a terem esclarecimento a respeito da Amamentação: Sou ativista pró-amamentação do Grupo Virtual de Amamentação (GVA).
   Culpa? Culpa Sim. 7 anos de culpa – 7 anos pensando que poderia ter corrido sozinha atrás de informação. Informação a tempo de ter mudado toda a minha história com minha primeira filha. Foi importante tudo isso? Se foi!!! Cada dia que amamento meu pequeno Jun, o olho no olho, é tão forte que meus olhos se enchem de lágrimas. Como estão cheios de lágrimas neste instante escrevendo, contando a vocês algo que foi tão importante na minha vida!! 

Pais&Filhos TV