Mais

6 maneiras de prevenir que seu filho tenha um ataque de birra

Fortalecendo a relação e agindo em conjunto com o pai, você consegue

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Por Naiara Araújo, filha de Luiz Augusto e Dione

– Conheça seu filho

Se o convívio em família é intenso, fica mais fácil ensinar para a criança como superar as frustrações que vão aparecer ao longo da vida. Segundo Suzana: “Os pais, ou responsáveis, devem definir os limites com clareza, assim, a criança compreenderá melhor as experiências vividas”.

Anúncio

FECHAR

– Haja em conjunto

Para prevenir a birra, todos os adultos que lidam com a criança em questão precisam agir juntos: se alguns cederem e outros, não, a criança não vai entender que precisa parar de fazer “show”.  

– Não brigue

Durante a crise de birra, o ideal é que os pais não entrem em conflito com a criança: brigar pode agravar a situação. O melhor a ser feito é esperar a criança se esgotar e, assim que o ataque acabar, converse com o seu filho, explique que o que ele fez não foi certo e o faça pedir desculpas.

– Evitando a birra

Alguns lugares e situações favorecem a birra. Se os pais só dizem “não”, a criança fica frustrada. Se a criança não pode brincar com tinta numa determinada hora, permita que pinte com giz de cera, por exemplo.

-Dê atenção sempre que possível

Falta de atenção também gera frustração. Não é para ficar com culpa, apenas dar atenção quando seu filho se comporta de maneira positiva. Se ele sacar que só quando dá escândalo você nota, vai usar esse recurso. Brinque um pouco com ele ao chegar em casa do trabalho: pode ser montar um quebra-cabeça. Mas monte até o fim, antes de ir cuidar de outras coisas.

-Dê espaço para que ele mostre seus sentimentos

É importante que a família construa um ambiente saudável para os filhos, onde eles tenham espaço para compartilhar alegrias e sofrimentos, ensinando os pequenos a lidar com as frustrações. Você não está feliz e calma o tempo todo. Seu filho também não estará. E tudo bem.    

 

Consultoria: Suzana Grunspun, mãe de Fábio, André e Ana Claudia, da Sociedade Brasileira de Psicanálise

 

Pais&Filhos TV