Gravidez

Saiba mais sobre a trombose na gravidez e como prevenir a doença

Algumas dicas são bastantes eficazes para evita-la, como o uso de meias de compressão e caminhadas diárias. Descubra mais!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

shutterstock_2858997_OK

As futuras mães devem ficar atentas: dor nas pernas, vermelhidão, inchaço, pele mais quente e aumento das veias locais podem ser sinal de trombose! É comum surgir durante a gravidez porque a capacidade de coagulação aumenta conforme o avanço  da gestação. Essa é a forma que corpo encontra para preparar o organismo para o controle do sangramento no momento do parto.

O efeito negativo é que algumas mulheres têm facilidade natural de formar coágulos dentro das veias, conhecidos como trombos, e acabar tendo a trombose,  que é mais comum se manifestar no segundo ou terceiro trimestre da gravidez. Na prática, a trombose é uma complicação nos vasos sanguíneos que coagula o sangue e obstrui o fluxo normal.

Anúncio

FECHAR

 

Leia também:

Unhas fracas na gravidez

Você sabia? As marcas da gravidez têm tratamento!

Nenhuma gota na gravidez!

 

As grávidas acima de 35 anos, que estão acima de peso e as que estão esperando gêmeos possuem maior probabilidade de ter trombose. “As mulheres grávidas precisam ficar mais atentas e tentar se prevenir, já que o grande risco é a trombose gestacional evoluir para uma embolia pulmonar – que é quando o coágulo se desloca até os pulmões”, conta o cirurgião vascular Dr. Caio Focássio.

De acordo com o cirurgião, existem algumas formas bastante eficazes para prevenir as consequências mais sérias. Uma delas é o ultrassom específico para o diagnóstico de trombose. “Além disso, o uso de meias de compressão e as caminhadas diárias durante a gestação também facilitam a circulação sanguínea e evitam as complicações”, complementa.

7 Dicas para evitar a trombose na gravidez

  1. Use meias de compressão
  1. Faça caminhadas ou natação
  1. Não passe mais de oito horas deitada ou sentada
  1. Evite cruzar as pernas
  1. Tenha uma alimentação rica em fibras
  1. Tome muita água
  1. Não fume