Gravidez

Projeto reduziu o número de cesáreas desnecessárias no Brasil

Mães bem informadas tem mais poder de decisão entre parto normal ou cesárea

Carolina Porne

Carolina Porne ,Filha de Sandra e Rubens

mitos e verdades sobre o pós-parto

Foto: Shutterstock

Neste domingo (28) se celebra o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. A ideia é pararmos para refletir sobre a qualidade do atendimento que as grávidas recebem antes, durante e depois do parto, em especial o poder de decidir entre o parto normal e a cesárea. O projeto Parto Adequado, iniciativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e o  Institute for Healthcare Improvement, tem como objetivo justamente reduzir o número de cesáreas desnecessárias e melhorar o atendimento à gestantes e bebês.

Em 18 meses, a taxa de partos normais aumentou mais de 40% entre os 35 hospitais participantes. Como consequência, mais de dez mil cesáreas sem indicação clínica e 400 admissões de bebês em UTI neonatal foram evitadas. Agora, na segunda fase do projeto Parto Adequado, serão 153 hospitais envolvidos, além de planos de saúde.

Outra entidade que tem olhado para essa questão é a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), que defende a valorização do parto normal e o respeito ao direito de as mulheres escolherem onde, como e com quem querem ter seus filhos, mediante um amplo acesso a informações sobre os riscos dos procedimentos envolvidos. “O Brasil vive uma epidemia de partos cesárea, alcançando números alarmantes e que não são motivo de orgulho. As razões para essa distorção são variadas, mas certamente passam pela pouca capacidade que o atual modelo médico-hospitalar tem para lidar com a imprevisibilidade e com os valores dos pacientes, especialmente com os valores das mulheres”, explica Daniel Knupp, secretário da entidade.

Anúncio

FECHAR

A Pais&Filhos acredita que uma mãe bem informada é uma mãe melhor, com mais poder de decisão sobre a vida do seu filho, e isso começa desde a gravidez.

 

Leia também:

 37 perguntas divertidas para iniciar uma conversa com seu filho

A técnica dos 5 S para acabar com as cólicas em bebês

Imagina só! Mãe acorda três meses depois do parto

Pais&Filhos TV