Gravidez

Parto Domiciliar

Parto Domiciliar

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Há vários tipos de parto que podem ser feitos na própria casa da mulher: o de cócoras, na água ou mesmo o convencional. O ideal é que seja feito por equipes especializadas
 

Se realizado sem assistência médica, o parto em casa pode oferecer riscos à mãe e ao bebê. O ambiente deve estar devidamente esterilizado, claro, e bem preparado para a chegada do bebê. Mas quem opta por dar à luz no aconchego do lar está em busca de um nascimento menos traumático e mais confortável para a criança e a família.

Anúncio

FECHAR

Estando em casa, não há como a mulher receber a analgesia. Fique atenta: esse tipo de parto só pode ser opção para gravidez de baixo risco, entre 38 e 41 semanas de gestação.

A opinião médica é de que esta opção está restrita apenas aos partos de emergência, que não conseguiram locomoção para um hospital.

Pais&Filhos TV