Gravidez

Calculadora de obesidade

Estudo é capaz de avaliar risco de obesidade na criança

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

29/11/2012

Imagine que, enquanto seu filho ainda está sendo gerado na sua barriga, você já consiga avaliar o risco dele desenvolver obesidade ao longo da infância. Um grupo de pesquisadores das universidades Imperial College de Londres, na Inglaterra, e Instituto Pasteur, na França, desenvolveu um método capaz de fazer essa avaliação a partir de um cálculo matemático com base nos dados dos pais e do bebê, sem a necessidade da realização de exames.

Foram avaliados 6.500 bebês, sendo 4 mil nascidos na Finlândia e outros 2.500 nascidos nos Estados Unidos, com um cálculo que leva em consideração o IMC dos pais antes da gravidez, o peso da mãe durante a gestação e o número de pessoas na família do recém-nascido. Outras variáveis também são levadas em conta como a profissão da mãe, tabagismo durante a gravidez e o número de filhos que os pais já têm.

Anúncio

FECHAR

Embora os fatores levados em consideração no cálculo já fossem conhecidos por elevar o risco de obesidade infantil, essa é a primeira vez que eles são utilizados de maneira combinada para prever o risco de sobrepeso entre as crianças.

Pais&Filhos TV