Família

Suspeita de matar filhos asfixiados queria “viver uma nova vida, na qual não seria mãe”

Mulher é suspeita de matar filhos asfixiados e delegada comenta sobre o caso - Getty Images
Getty Images

Publicado em 03/09/2022, às 08h58 - Atualizado às 09h03 por Yulia Serra, Editora | Filha de Suzimar e Leopoldo


Uma mulher de 31 anos foi presa no último dia 27 de agosto após suspeita de ter matado os próprios filhos, de 3 e 10 anos, asfixiados, dentro do apartamento em Guarapuava, na região central do Paraná.

Mulher é suspeita de matar filhos asfixiados e delegada comenta sobre o caso (Foto: Getty Images)

Os corpos das crianças foram encontrados em cima da cama no local. A mulher confessou o crime e disse que tinha cometido o ato há aproximadamente 15 dias.

Na última sexta-feira, 2 de setembro, durante uma coletiva de imprensa, a delegada responsável pelo caso, Ana Hass, deu mais detalhes sobre as investigações e intenção da mulher com o crime.

“Ela sofria com essa intenção de viver uma nova vida, na qual ela não seria mãe, não teria responsabilidade de cuidar dos filhos, e poderia viver uma vida tal qual o pai do menino como ela revela muito bem nas cartas dela, esse recalque que ela tinha, enquanto estava cuidando das crianças”, afirmou de acordo com o G1.

Ainda nas investigações, foi constatado que a menina foi obrigada durante um período a ficar junto do cadáver do irmão e teve intenso sofrimento mental e psicológico. Diante das descobertas, a delegada afirmou que a mulher será indiciada por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e tortura.

O caso foi descoberto após um advogado de Santa Catarina acionar as autoridades. O odor dos corpos em decomposição já estava bem perceptível. A delegada ainda informou que as crianças foram isoladas da família logo que a mãe se mudou para Guarapuava e o crime havia sido estudado e premeditado

“A suspeita quis desde sempre viver uma nova vida e é por isso que ela escolheu outra cidade. Isolou essas crianças de qualquer membro da família, não criou nenhum vínculo próximo com ninguém, de forma a fazer com que a falta dessas crianças não fosse sentida”, disse. A defesa pede ao G1 para que seja feita uma avaliação psiquiátrica na mulher.

Assista agora ao POD&tudo, o podcast da Pais&Filhos, com a jornalista Izabella Camargo!


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Lima Duarte posa com filhas, neta e bisneta e faz homenagem no Instagram - Reprodução/ Instagram/ @limaduarte

Família

Lima Duarte compartilha foto com mulheres da família: “Damas de minha vida”

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Lima Duarte faz primeira publicação depois de dar a notícia de falecimento da filha - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lima Duarte aparece pela primeira vez após morte da filha: "Ter fé"

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer