Família

Será? Podem nascer cada vez menos ruivos, de acordo com estudo

A pouca quantidade de cabeças vermelhas tem a ver com mudanças climáticas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

ginger

Cientistas descobriram que cabelos ruivos têm a ver com luminosidade do ambiente. Eles explicam que o sol pode causar mutação do gene recessivo que produz cabelos ruivos, pele clara e olhos azuis.  

O sol pode fazer com que a pessoa produza grandes quantidades de vitamina D.  É por isso que ruivos naturais representam apenas 2% da população mundial e esse número pode subir para 40% em lugares mais frios, como Escócia, Norte da Inglaterra e Irlanda.

Anúncio

FECHAR

Sendo assim, se as previsões de aquecimento global ocorrerem, teremos mais dias ensolarados e menos ruivos pelo mundo. Seria uma espécie de mutação genética. Por isso, é importante ressaltar que demoraria centenas de anos para acontecer.

Leia também:

Afinal, criança pode ou não pintar o cabelo?

O cabelo do seu recém-nascido vai cair. E isso é completamente normal

Síndrome do torniquete de cabelo: você sabe o que é?

Pais&Filhos TV