Família

“Sem forças”, diz marido de médica que morreu após parto da 3ª filha

Obstetra de 40 anos morre após complicações no parto da 3° filha - arquivo pessoal / reprodução G1
arquivo pessoal / reprodução G1

Publicado em 26/04/2022, às 12h53 por Redação Pais&Filhos


O marido da médica ginecologista e obstetra, Bethânia Bianquini Palmiro, que morreu no último domingo, 24 de abril, por complicações pós-parto – contou que a bebê já está em casa e que a família ainda está tentado entender a perda da familiar. A Bethânia teve a criança em um hospital particular do Mato Grosso, no entanto, teve complicações durante o parto e não resistiu. A bebê é a terceira filha do casal.

“As coisas estão muito difíceis pra mim, minhas filhas e minha família. Estou sem forças para pensar em nada, buscando resposta que não vêm no momento”, disse o pai, Vicente Palmiro, em entrevista ao G1.

Obstetra de 40 anos morre após complicações no parto da 3° filha
Obstetra de 40 anos morre após complicações no parto da 3° filha (Foto: arquivo pessoal / reprodução G1)

Segundo o portal, a menina está sob os cuidados da avó paterna e tias. O pai, que é médico ortopedista, afirma estar sem chão no momento e por isso conta com  ajuda integral da família. “Nesse momento dedico a atenção as minha outras duas filhas, que pela idade, me questionam a cada minuto a ausência da mãe”, finalizou Vicente.

Entenda o caso

A médica ginecologista e obstetra Bethânia Bianquini Palmiro, de 40 anos, faleceu no último domingo, 24 de abril, após complicações no parto da terceira filha. A médica atuava na cidade de Cáceres, a 250 km de Cuiabá, no Mato Grosso, e o parto aconteceu em um hospital particular da capital.

De acordo com informações dadas por uma amiga da família ao G1, a médica  teria sofrido uma hemorragia durante o parto e, por isso, foi necessário uma cirurgia de emergência para retirar o útero. Mesmo com a cirurgia às pressas, a pressão, os batimentos cardíacos estavam descontrolados e a hemorragia não foi contida.

A bebê sobreviveu e passa bem. Além dela, a médica também era mãe de duas meninas, de 3 e 6 anos. Bethânia era uma das médicas mais conhecidas da cidade. Era de uma família de médicos e era casada com  o ortopedista Vicente Palmiro. Ela trabalhou no Hospital São Luiz e atuava no Hospital Regional de Cáceres.


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Lima Duarte faz primeira publicação depois de dar a notícia de falecimento da filha - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lima Duarte aparece pela primeira vez após morte da filha: "Ter fé"

Lima Duarte posa com filhas, neta e bisneta e faz homenagem no Instagram - Reprodução/ Instagram/ @limaduarte

Família

Lima Duarte compartilha foto com mulheres da família: “Damas de minha vida”