Família

Princesa Diana: saiba as teorias da conspiração que rondam sua morte 25 anos após o acidente

Diana morreu em 1998 - reprodução / Instagram @officialpaulburrell
reprodução / Instagram @officialpaulburrell

Publicado em 31/08/2022, às 12h43 por Redação Pais&Filhos


Há 25 anos, a princesa Diana, de 36 anos, morreu em um trágico acidente de carro. O caso aconteceu em 31 de agosto de 1997, no túnel da Ponte de l’Alma, em Paris, na França. Ela estava acompanha de seu namorado, o herdeiro egípcio milionário Dodi Al-Fayed, de um guarda-costas e do motorista. Eles estavam sendo perseguidos por paparazzi. Al-Fayed e o condutor do veículo morreram na hora, e Diana morreu horas depois, no hospital. O guarda-costas foi o único sobrevivente.

Por mais que a morte de Lady Di tenha ocorrido há décadas, dúvidas e teorias da conspiração rondam o caso até hoje. A Polícia Metropolitana de Londres declarou que a situação foi um “trágico acidente” após 16 meses de investigação, porém algumas questões foram investigadas sem sucesso. Outras têm respostas incertas.

Diana morreu em 1998 (Foto: reprodução / Instagram @officialpaulburrell)

Boatos de noivado

Apesar de o romance entre Diana e Dodi ter sido revelado apenas três semanas antes do acidente, os boatos de um possível noivado começaram a ganhar força já no final de agosto de 1997.

Michael Cole, relações públicas do namorado da princesa na época, disse em inquérito que Fayed havia dito a ele que pretendia se casar com Diana cerca de um mês antes do acidente. Também existem vídeos de baixa qualidade nos quais mostram Claude Rolet, funcionário do Hotel Ritz, onde o casal estava hospedado na capital francesa, visitando uma joalheria nas redondezas e levando um item para o quarto de Diana e Dodi no local. No aposento, um anel e uma nota fiscal com o registro de um “anel de noivado” foram encontrados.

Diana e Dodi em elevador
Diana e Dodi em elevador Foto:(Reprodução)

No entanto, amigas próximas de Lady Di negaram qualquer interesse da princesa em um casamento naquela época. Num telefone, uma semana antes de sua morte, ela teria dito à Lady Annabel Goldsmith que “precisava se casar como precisava de uma brotoeja no rosto”.

Motorista alcoolizado

O nível de álcool no sangue de Henri Paul estava três vezes acima do limite na França e ele tinha níveis “terapêuticos” de remédios antipsicóticos e antidepressivos em seu corpo. A velocidade do carro estava três vezes acima da permitida na via, e especialistas afirmaram que as marcas no chão indicavam que ele perdeu o controle do veículo antes de entrar no túnel.

Alguns funcionários do bar do Hotel Ritz prestaram depoimento, e uns disseram que o motorista não mostrava sinais de embriaguez, outros afirmaram que o homem estava bêbado e “andando como um palhaço”. Testemunhas também afirmaram que ele dirigia de forma inconsequente.

Carro de Lady Di após o acidente
Carro de Lady Di após o acidente Foto:(Reprodução/curiosidadesnota10)

As dúvidas quanto aos resultados dos exames surgiram porque o nível de monóxido de carbono no corpo dele também estava anormalmente alto, o que foi atribuído a um erro na manipulação das amostras. Alguns veículos de imprensa afirmaram, na época, que as amostras atribuídas ao motorista teriam sido trocadas e pertenciam a uma vítima de suicídio, mas isso nunca foi confirmado.

Ligação à agência de inteligência britânica

Um ano após o acidente, um ex-espião britânico, Richard Tomlinson, disse ao jornal People que o acidente que matou a princesa era similar a um plano do MI6, o serviço secreto britânico, de matar o ex-presidente da Sérvia Slobodan Milosevic. De acordo com ele, o projeto incluía o uso de um forte flash de luz e um túnel. Richard também sugeriu que o motorista Henri Paul poderia estar envolvido com o serviço secreto. Testemunhas que estavam no local do acidente disseram ter visto um forte flash de luz no momento da colisão.

Não há nenhuma evidência além do depoimento do espião de que Henri estava envolvido com o MI6. As contas bancárias do motorista também foram investigadas pela Polícia Metropolitana de Londres. Ele tinha 170 mil euros distribuídos em quinze contas bancárias, valor contrário ao seu salário. O homem também carregava dinheiro no momento do acidente.

Motorista Henri Paul
Motorista Henri Paul Foto:(Reprodução/Folha)

Sua família disse que a grande quantia era fruto de gorjetas generosas que recebia dos hóspedes no Ritz Hotel, onde trabalhava na área de segurança. A polícia também não conseguiu provar que o dinheiro tinha alguma relação com o acidente ou foi obtido de forma indevida.

Bilhete misterioso

A princesa Diana teria conseguido prever o acidente de carro dois anos antes de sua morte, de acordo com um bilhete. Em 1995, ela pediu para ter uma reunião particular com seu consultor legal, Victor Mishcon, que anotou o conteúdo da conversa. Segundo as anotações de Victor, a princesa queria falar “sobre algo que estava em sua cabeça”. Durante a reunião, ela disse que fontes confiáveis, que não foram nomeadas, falaram a ela que “um acidente de carro seria encenado”. A ex-esposa do príncipe Charles disse que terminaria “morta ou machucada de forma séria”.

De acordo com especialistas, Mishcon entregou o bilhete à polícia após o acidente fatal, em 1997. O bilhete foi guardado num cofre por Sir Paul Condon, um comissário policial. Seu conteúdo só veio a público depois que Paul deixou o posto e foi substituído por John Stevens. John falou com o site Daily Beast sobre o bilhete: “Eu estive com o Sr. Mishcon um mês antes de seu falecimento, por volta da primavera de 2005. Ele me atentou ao fato de que pensou na época que Diana estava paranoica, então não deu tanta importância assim “.

Assista ao POD&tudo, o podcast da Pais&Filhos, com Izabella Camargo


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo - Reprodução/Instagram

Família

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

O corpo começa a dar sinais de que vem bebê aí bem antes da menstruação atrasar - Getty Images

Gravidez

Sintomas de gravidez: nos primeiros dias, que ninguém sabe, de menino e menina e muito mais