Família

Polícia fala sobre como menino caiu na piscina antes de morrer: "Quebra-cabeça"

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Publicado em 08/06/2024, às 10h56 por Malu Lopes, Estagiária | Filha de Carmem e Single


Na madrugada do dia 5 de junho, o corpo de Kaique Gabriel Lima da Silva, um menino de 4 anos, que estava desaparecido desde segunda-feira, dia 3 de junho, foi encontrado dentro de uma piscina em um salão de festas onde a família estava fazendo uma confraternização. O caso aconteceu na comunidade do Rollas, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Criança fazendo um joinha com as mãos
Kaike Brito foi encontrado afogado em Zona Oeste do Rio - Reprodução: Redes Sociais

Desde então, a 36ª DP (Santa Cruz), investiga o caso. O delegado responsável,  conta que o foco da investigação é entender o momento em que a criança caiu na piscina e se afogou, tendo em vista que a família estava por perto.

O pai da criança,  Marco Aurélio de Paula Lima contou em depoimento que a mãe só notou o desaparecimento do menino no dia seguinte. “A mãe dele me contou que achou que o Kaique estava na casa da minha sobrinha porque ele tinha o costume de ir para lá. Na segunda-feira, por volta das 14h, ela pediu para a irmã mais velha dele ir buscá-lo, mas ele não estava na residência. Eu fiquei sabendo do caso e corri para os hospitais atrás dele, só que não achamos. Nisso, eu fui na delegacia e registrei um boletim de ocorrência na 36ª DP (Santa Cruz). ", contou Marco.

Piscina
O corpo da criança de quatro anos foi encontrado dentro de uma piscina de um salão de festas (Foto: Arquivo Pessoal)

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a criança teve asfixia mecânica por causa de  afogamento, segundo o G1. "Quando se constata que morreu por asfixia, a pessoa que não tem conhecimento sobre o assunto associa diretamente a um crime. Até pode ser, mas não necessariamente. As circunstâncias desse caso ainda não indicam uma conduta criminosa", explicou o delegado Edézio Ramos.

"Não há nenhum sinal de que ele foi submetido a algum tipo de violência, não temos essa informação até o momento. Estamos reunindo outros elementos para montar esse quebra-cabeça e entender em que momento ele voltou para a piscina", declara o delegado, em entrevista para o G1.

Apesar de não haver evidências de que se trata de um crime, a negligência dos familiares continua sendo investigadas pela polícia. "Ele morreu afogado, isso é um fato, o que serão analisadas serão as circunstâncias disso. A água da piscina estava muito turva. Quando uma pessoa se afoga, a tendência é, em um primeiro momento, ir para o fundo. A criança estava no fundo e depois de um momento emergiu. Isso é o que está sendo analisado. Sabemos que ela passou algumas horas sem vida dentro da água", finaliza o delegado.


Leia também

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Luana Piovani - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Luana Piovani se irrita após ter água cortada e não poder pagar compras no mercado: "Não consigo"

Gisele Bündchen e Joaquim Valente - Reprodução: Instagram

Família

Gisele Bündchen termina namoro após piada do ex-marido

Sandra Annenberg e filha - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Sandra Annenberg rebate críticas ao apoiar sexualidade da filha com Ernesto Paglia

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Ana Hickmann e Edu Guedes - Reprodução: Instagram

Família

'Cinco quartos, garagem e escritório': Edu Guedes dá detalhes de mansão com Ana Hickmann

Ticiane Pinheiro e Cesar Tralli - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre decisão difícil para o casamento e família: "Coração fica acelerado"

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil