Família

Pais levam 2 anos para serem felizes de novo após a chegada dos primeiros filhos, diz estudo

A chegada do primeiro filho na vida de um casal tem um impacto muito grande - Getty Images
Getty Images

Publicado em 01/09/2023, às 09h00 - Atualizado em 02/09/2023, às 07h37 por Sophia Dolores, filha de Lucineia e Nilo Júnior


De acordo com uma pesquisa recente, casais que se tornam pais pela primeira vez levam cerca de dois anos para restaurar a felicidade em seu relacionamento, enquanto a chegada do segundo filho pode melhorar a satisfação do relacionamento em apenas dois meses.

A chegada do primeiro filho na vida de um casal tem um impacto muito grande (Foto: Getty Images)

Conforme revelado por pesquisas, pais que estão enfrentando a paternidade pela primeira vez levam cerca de dois anos para restaurar a felicidade em seu casamento. No entanto, a satisfação conjugal pode melhorar consideravelmente em apenas dois meses após o nascimento do segundo filho, de acordo com um estudo recente publicado na revista ‘PLOS One’.

Realizado na Alemanha, este estudo envolveu mais de 600 pais e teve como foco principal entender as mudanças na vida de casais após a chegada dos filhos, sob a perspectiva dos pais. Os pesquisadores da ‘Technische Universität Dresden’ consideraram a manutenção de um relacionamento saudável como um dos principais objetivos das vidas individuais que envolvem o casal.

casal junto com um coração
São necessários dois anos para recuperar a “felicidade” na relação de novos pais (Foto: Freepik)

Os dados coletados durante os anos de 2017 a 2020 como parte do projeto ‘Dresden Study of Parenting’, ‘Work, and Mental Health (DREAM)’ foram analisados. A pesquisa examinou a satisfação no relacionamento em quatro momentos temporais: dois meses antes do nascimento do filho, dois meses após o nascimento, 14 meses depois e dois anos depois do nascimento da criança.

Ao analisar os dados, fatores importantes do ambiente familiar foram levados em consideração, como idade, nível de educação, renda, duração do relacionamento, estado civil, sexo biológico da criança e temperamento do filho. Os resultados mostraram que a chegada do primeiro filho geralmente causava uma diminuição na satisfação conjugal dos pais. No caso dos pais de primeira viagem, a satisfação continuou a diminuir após os primeiros dois meses do nascimento do bebê.

No segundo bebê, a satisfação do relacionamento pode melhorar após um período de dois meses (Foto: Freepik)

No entanto, a partir dos 14 meses (um ano e dois meses do bebê), houve uma estabilização no relacionamento, que persistiu até os 24 meses (dois anos) sem novos declínios significativos na satisfação. Os pesquisadores sugeriram que o declínio inicial mais acentuado poderia estar relacionado ao choque inicial de se tornar pai pela primeira vez.

Por outro lado, os pais que já tinham experiência na paternidade viram uma melhoria na satisfação conjugal após apenas dois meses do nascimento do segundo filho, com picos positivos ao longo dos dois anos seguintes. Esse período de recuperação mais rápido foi atribuído à maior confiança dos pais na cuidados do recém-nascido, graças à sua experiência anterior. O estudo também observou que casais que estavam juntos por mais tempo, tendiam a relatar inicialmente uma menor satisfação no relacionamento.

Ter uma boa relação “como um dos objetivos de vida individuais mais importantes” (Foto: Reprodução/ Freepik)

“Assim como as mães de primeira viagem, os pais sem experiência parecem enfrentar um declínio mais acentuado na satisfação do relacionamento durante a transição para a paternidade em comparação com pais que já passaram por essa experiência. Portanto, é importante que os casais que se tornam pais pela primeira vez estejam preparados para as mudanças esperadas em seu relacionamento”, escreveram os autores do estudo.

Banho do bebê: passo a passo para os pais de primeira viagem

O banho do bebê é um momento tanto de relaxamento para a criança quanto de conexão para os pais. Contudo, ele pode ser uma parte da rotina um tanto complicada de se acostumar, já que cuidar de um bebê é uma enorme responsabilidade que vem acompanhada de diversas dúvidas e medos. “Estou fazendo isso corretamente?”, “Estou segurando da maneira correta?”, “Por onde devo começar o banho do bebê?”.

Desmistificamos alguns mitos sobre o banho do bebê para você aproveitar com segurança
Desmistificamos alguns mitos sobre o banho do bebê para você aproveitar com segurança (Foto: Getty Images)

Esse tipo de dúvida é muito comum no começo e totalmente normal. Sim, dá medo cuidar do bebê no início, ainda mais por parecer um ser tão frágil, mas você consegue! Para facilitar ainda mais essa transição com a chegada do novo integrante da família, criamos um passo a passo com dicas de ouro para a hora do banho do bebê, para devolver o relaxamento e a esta parte da rotina tão importante!


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

Reprodução: Instagram

Família

Viih Tube e Eliezer revelam nome de segundo filho com significado especial

Pyetra e namorada - Reprodução: Instagram

Família

Filha mais nova de cantora Simony se assume bissexual e posta fotos ao lado de namorada

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Família

Mãe desaparecida por duas semanas é encontrada enterrada sob o piso da própria casa

Ticiane não foi ao aniversário de Vicky - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Ana Paula Siebert explica o motivo de Ticiane Pinheiro não ir ao aniversário de sua filha

(Foto: Silvio Avila/AFP)

Família

Doações para o Rio Grande do Sul: veja onde e como doar às vítimas de forma segura