Família

O intestino é nosso segundo cérebro: veja curiosidades e a importância da flora intestinal

70% das células que estão no intestino ajudam o organismo a se proteger - Shutterstock
Shutterstock
Enterogermina

Publicado em 11/06/2021, às 15h05 - Atualizado em 15/06/2021, às 12h18 por Cecilia Malavolta, filha de Iêda e Afonso


Você sabia que o intestino é o maior órgão de defesa do corpo humano? Em sua composição, existem mais de 10 trilhões de micro-organismos! Além disso, 70% das células que estão na região ajudam o organismo a se proteger de doenças. Por ter uma função superimportante para o corpo humano e contar com aproximadamente meio bilhão de neurônios, ele também é considerado o nosso segundo cérebro. A flora intestinal, por sua vez, possui dez vezes mais bactérias do que todo o corpo humano tem células.

“Essa teoria existe porque o intestino, além de possuir uma grande quantidade de neurônios, produz hormônios essenciais para o funcionamento do organismo”, explica Alexandre Sakano, gastrocirurgião da Beneficência Portuguesa, pai de André e Caio. “Esses neurônios atuam de maneira autônoma, ou seja, não dependem do cérebro para cumprir suas funções”.

Apesar do intestino não causar problemas como depressão e outras questões psiquiátricas, a atividade do órgão pode ser afetada por questões ligadas ao emocional, como ansiedade e estresse – afinal, quem nunca sentiu dor de barriga às vésperas de um acontecimento importante?

70% das células que estão no intestino ajudam o organismo a se proteger (Foto: Shutterstock)

Saúde em dia = flora intestinal equilibrada

A principal responsável por manter o organismo funcionando é a flora intestinal. Composta por centenas de micro-organismos benéficos para o corpo, é possível encontrar nela diversas bactérias – chamadas “do bem”, elas mantêm o equilíbrio da microbiota e combatem a ação das bactérias patogênicas, causadoras de problemas intestinais como a diarreia.

Scano compara a flora intestinal de maneira didática com uma verdadeira floresta: “Nela, existem os animais mais perigosos e os que podemos considerar mais ‘bonzinhos’. Um se alimenta do outro para manter o equilíbrio da natureza”. Quando não existem bactérias boas o suficiente no organismo, acontece a chamada disbiose – o desequilíbrio que favorece que o corpo sofra com problemas como a síndrome do intestino irritável.

E não é somente no intestino que a flora intestinal pode ser encontrada: ela está presente em todo o trato gastrointestinal, da boca até o ânus. Mesmo com a presença de ácido no estômago e com o pouco contato com os alimentos que o esôfago tem, existem bactérias  muito importantes para a microbiota.

Do parto para a vida adulta

É durante o nascimento que se inicia a formação da flora intestinal do bebê, com a colonização de bactérias, vírus e fungos – antes disso, não existem micro-organismos vivos no intestino dele. Caso a mãe tenha um parto normal, o tipo – e a qualidade! – dos probióticosque compõem a microbiota são diferentes caso a criança venha ao mundo por meio de uma cesariana.

A amamentação também tem um papel fundamental para o desenvolvimento da flora intestinal, já que o aleitamento exclusivo até os seis meses de vida colabora para o fortalecimento da defesa do organismo.

A alimentação, juntamente de uma alimentação balanceada, vão construir a flora intestinal do bebê até ele completar três anos de vida – é a partir dessa idade que ela se estabelece. Mas engana-se quem pensa que depois disso não é necessário cuidar dela. Mais do que nunca, hábitos saudáveis são extremamente importantes para manter o funcionamento do organismo.

A alimentação também ajuda

Falando em alimentação, você sabia que existem comidas que são naturalmente probióticas? Elas podem ser consumidas tanto por adultos quanto por crianças e fazem muito bem à saúde e ao equilíbrio da flora intestinal. Algumas delas são: iogurte, leite fermentado, kefir, kombucha, picles e missô.

A flora intestinal do bebê começa a se formar durante o nascimento (Foto: Shutterstock)

Hábitos para a família toda

Alimentação equilibrada, prática regular de exercícios físicos, hidratação, cuidado com o estresse e ansiedade: esses hábitos valem para todos os membros da família e são diários. Além disso, inserir probióticos na rotina de todos da casa é uma dica de ouro para ajudar a manter a flora intestinal equilibrada e a saúde lá em cima. Prático, Enterogermina pode ser consumido direto do flaconete, não contém glúten, lactose, gosto e corantes e tem tripla ação: equilibra, restaura a flora e fortalece a defesa¹. Cada recipiente contém 5 ml da suspensão com esporos de Bacillus clausii.

Fontes: dr. Daniel Baptista, coordenador do Centro de Doenças Inflamatórias Intestinais do Hospital Nove de Julho; dra. Elaine Moreira, gastroenterologista, membro titular da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG) e dr. Alexandre Sakano, gastrocirurgião da Beneficência Portuguesa, pai de André e Caio.

¹Uma flora intestinal equilibrada promove um ambiente desfavorável para bactérias patogênicas, promovendo a saúde intestinal. Paixão & Castro, 2016. DOI: 10.5102/ucs.v14i1.3629.

ENTEROGERMINA® “O Bacillus clausii (probiótico) contribui para o equilíbrio da flora intestinal. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.” NÃO CONTÉM GLÚTEN. Leia atentamente o rótulo.

MAT-BR-2103311


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Grávida, Virginia revela que não pode ter relações íntimas com o marido, Zé Felipe - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Grávida, Virginia revela que não pode ter relações íntimas com o marido, Zé Felipe

Viih Tube fala sobre segundo e terceiro filhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube revela gravidez de segundo e adoção de terceiro filhos com Eliezer