Família

Ministro da Saúde avalia novas medidas para combater o coronavírus: “Vai ter lugar em que o lockdown é necessário”

Teich afirmou que não é a favor ou contra o lockdown - Getty Images
Getty Images

Publicado em 07/05/2020, às 05h45 - Atualizado às 05h47 por Camila Montino, filha de Erinaide e José


Teich afirmou que não é a favor ou contra o lockdown (Foto: Getty Images)

Nesta última quarta-feira, 6 de maio, o ministro da Saúde, Nelson Teich, disse que não é “contra ou a favor” da adoção de lockdown(bloqueios totais), e admitiu que a medida pode ser necessária em algumas situações.

O ministro voltou a dizer que, durante a gestão no ministério ele estudará os cenários, trabalhando para melhorar o recebimento de dados junto aos hospitais e tentando entender o ‘nível de incerteza’ nos dados de óbitos e casos. “Vai ter lugar em que o lockdown é necessário, vai ter lugar em que eu vou poder pensar em flexibilização. O que eu preciso é que a gente pare de tratar isso de uma forma radical, até pra que a gente tenha a tranquilidade de poder implementar as medidas em cada lugar do país onde a melhor coisa vai ser feita naquela situação”, afirmou Nelson, segundo G1.

O ministro disse que a meta é ‘flexibilizar o dia a dia das pessoas’, mas que as medidas dependem dos dados sobre a organização do sistema de saúde e da curva de mortes em cada local. “Quando a gente fala em isolamento, distanciamento, existem vários níveis. O importante é que não há defesa de isolamento ou não isolamento, você vai ter vários níveis de medidas. Desde as mais simples, como distanciamento pequeno, até o lockdown. Cada local terá sua necessidade. O importante é que a gente vai mapear. Você cria uma matriz, com casos novos, infraestrutura, evolução e vê em que esta região está. Não é ser contra ou a favor, é ver o que é certo. Vai ter lugar com lockdown, vai ter lugar que não terá”, disse.
Teich afirma que medida será necessária em alguns lugares, mas sua adoção não pode ser generalizada. “Se você tiver uma situação onde tem alta incidência da doença, infraestrutura baixa, vê a doença crescendo, você vai buscar distanciamento cada vez mais. Este é o extremo da gravidade da situação. É importante que a gente discuta as estratégicas de acordo com a situação de cada lugar, para que não se generalize o lockdown”, comentou.

Nelson Teich, ainda disse que o “ideal mesmo” seria o Brasil ter capacidade para realizar testageme monitoramento amplo da sociedade para não ter que adotar “medidas mais radicais do que precisaria”.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!


Leia também

Família teve velório reservado em São Paulo - Arquivo pessoal

Família

Família mort4 pelo filho de 16 anos tem velório reservado em São Paulo

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Adolescente seguiu a sua rotina depois de mat4r os pais - Reprodução/ Rede Globo

Família

Adolescente que m4tou os pais disse que foi para academia e almoçou ao lado do corpo

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Filho de Monique Evans não comparece ao casamento da mãe; entenda o motivo

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Família

Adolescente que m4tou a família não imaginava que seria pres0: "Ele tomou um susto"

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Amanda Kimberlly confirma gravidez, mas não foi confirmada a paternidade de Neymar - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Suposta mãe de filha de Neymar foi vista com jogador em Barcelona na balada

Saiba o que dizer no Dia do Afilhado - (Foto: Getty Images)

Família

Dia do Afilhado: mensagens e frases para mostrar o quanto ele é especial