Família

Menino mais alérgico do mundo morre e pai desabafa: “Ele sempre quis ser normal”

Paul viveu com inúmeras restrições para conseguir controlar a doença, mas nunca deixou que isso o desanimasse - Reprodução
Reprodução

Publicado em 07/07/2022, às 14h49 por Cecilia Malavolta, filha de Iêda e Afonso


Na última terça-feira, 05 de julho, um homem conhecido por ter sido o “menino mais alérgico do mundo” faleceu aos 20 anos, vítima de um câncer, em Manchester, na Inglaterra. Paul Braithwaite foi diagnosticado com uma doença chamada gastroenteropatia eosinofílica quando ele tinha apenas um mês de vida, o que fez com que a vida inteira dele pedisse cuidados extremos.

Paul foi a primeira criança no mundo a ser registrado com essa doença desde 1906, que se caracteriza invasão das células de defesa do sangue do intestino. A alergia crônica causa dores abdominais fortes, diarreia, náuseas e vômitos, coceira e feridas na pele.

Por causa da doença, Paul teve ao longo da vida inteira uma série de restrições físicas e alimentares para que nada fosse um gatilho e gerasse crises alérgicas. Além disso, seu crescimento foi retardado por causa das medicações que ele tomava, afim de tentar melhorar o problema: aos 20 anos, ele tinha o corpo de uma criança e vestia roupas para 10 anos.

Paul viveu com inúmeras restrições para conseguir controlar a doença, mas nunca deixou que isso o desanimasse
Paul viveu com inúmeras restrições para conseguir controlar a doença, mas nunca deixou que isso o desanimasse (Foto: Reprodução)

Em entrevista ao portal britânico The Sun, o pai de Paul, Darren Braithwaite, disse que ele tinha apenas um único desejo: “Tudo o que ele sempre quis foi ser normal”. Algo que, embora pareça simples, nunca esteve realmente ao alcance do menino. Ele não podia tomar sol porque o contato com a luz fazia com que ele tivesse feridas na pele. Animais, determinados tecidos, grama e poeira também eram fatores agravantes da alergia.

Embora a vida de Paul não tenha sido fácil, a mãe dele afirma que mesmo com os problemas ele nunca desanimou e sempre se mostrou uma pessoa positiva: “Ele só queria viver uma vida normal: queria ter um cachorro, aprender a dirigir e dar a volta no quarteirão. Ele tinha um conjunto de necessidades muito complexas e lutava a cada passo. Esteve em ambulâncias aéreas, reanimação e terapia intensivas e nada o derrubou”.


Leia também

(Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lore Improta mostra evolução da barriga e avisa: "Tem mais neném chegando"

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Gabi Luthai disse que está ainda mais apaixonada pelo marido - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Gabi Luthai revela detalhes da relação com o Teo Teló após o nascimento do filho

Ticiane Pinheiro e Cesar Tralli - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre decisão difícil para o casamento e família: "Coração fica acelerado"

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Adolescente de 15 anos que m4tou família de vizinhos é encontrado m0rto

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho