Família

Jovem dá à luz em casa sem saber que estava grávida e não consegue registrar a bebê no cartório

O Conselho Tutelar não acredita que a bebê é filha de Amanda - Reprodução / Arquivo pessoal
Reprodução / Arquivo pessoal

Publicado em 17/05/2022, às 08h14 por Redação Pais&Filhos


A Amanda Coelho de Jesus, jovem de 23 anos, deu à luz a uma menina em sua própria casa. Enquanto estava na cozinha sem saber que estava grávida, entrou em trabalho de parto. Segundo reportagem do G1, ela mora junto com a mãe no bairro Silvanópolis, em Cuiabá. A mãe de Amanda, a Naiara Rosania Soares Coelho, de 39 anos, afirmou que quando chegou em casa, a filha estava no quarto. A própria gestante teve que cortar o cordão umbilical da recém-nascida.

De acordo com a Naiara, a filha tem um cisto no ovário, fazendo com que a menstruação fique desregulada. Além disso, a avó da bebê contou que a Amanda tem sobrepeso, sendo assim, a família não conseguiu perceber uma possível gestaçãona jovem de 23 anos.

“Quando eu vi a criança, fiquei surpresa, mas claro que apoiei a minha filha. Até porque ela quis ficar com a neném e muitas mães às vezes nem querem os filhos”, disse a Naiara.

O Conselho Tutelar não acredita que a bebê é filha de Amanda
O Conselho Tutelar não acredita que a bebê é filha de Amanda (Foto: Reprodução / Arquivo pessoal)

Por não saberem que uma criança estava por vir, a família não conseguiu se unir para fazer umenxoval completo – tampouco possuíam qualquer vestuários que pudesse ser utilizado pela criança recém-nascida. Ao notar a situação de emergência, a avó usou o dinheiro de sua aposentadoria para comprar itens básicos à criança, bem como fraldas e roupas para bebês.

Momentos após o nascimento inesperado, a Naiara e a Amanda foram a um hospital de Cuiabá. No local, os médicos fizeram os procedimentos necessários para certificar a criança e, também, coletaram os exames clínicos que uma recém-nascida precisa fazer após vir ao mundo. Porém, mãe e filha precisaram ir ao Conselho Tutelar para conseguirem um documento imprescindível para fazer a certidão de nascimento no cartório.

Agora, ela enfrentam um grande problema. O cartório não acreditou que a filha fosse realmente da Amanda. “Quando chegamos o pessoal de lá [Conselho Tutelar] não acreditou muito que a bebê tinha nascido da minha filha e como precisamos desse documento para registrar a menina, disseram que teríamos que fazer um exame de DNA, só que nós não temos dinheiro para isso”, finalizou.


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Imagem Nomes masculinos fortes: veja opções chiques e diferentes para meninos

Bebês

Nomes masculinos fortes: veja opções chiques e diferentes para meninos

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank celebram o nascimento de Pilar - Foto: Reprodução/Instagram

Família

Bruno Gagliasso e Gio Ewbank parabenizam Fe Paes Leme pelo nascimento da filha após polêmica

Fernanda Paes Leme - (Foto: Reprodução/Instagram)

Bebês

Nasceu! Fernanda Paes Leme dá à luz primeira filha com Victor Sampaio