Família

Já comprou o material escolar do seu filho? Preço sobe e escolas criam jeitos de economizar

Com o aumento do preço do material escolar, os pais buscam novas maneiras de economizar - iStock
iStock

Publicado em 26/01/2023, às 08h32 - Atualizado em 27/01/2023, às 13h12 por Redação Pais&Filhos


Com o período de volta às aulas se aproximando, chega também a ansiedade para aquele momento que as crianças amam: a escolha do material escolar. Já os pais não têm muitos motivos para o mesmo entusiasmo. Isso porque, neste ano em especial, a compra dos itens para a escola virou um peso adicional. Segundo dados da Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares, em 2023 houve um aumento de até 30% no preço do material escolar, porcentagem que com certeza assusta quem tem que arcar com listas enormes.

Com o aumento do preço do material escolar, os pais buscam novas maneiras de economizar (Foto: iStock)

No entanto, com as diferenças de preços nas lojas podendo chegar até 260%, de acordo com o Procon-SP, a compra desses itens é um gasto que não pode ser evitado, uma vez que a educação deve ser tratada como prioridade. Mas afinal, é possível economizar nas compras? A resposta é sim, e existem várias formas de reduzir essas despesas. Com a ajuda de pais e membros das escolas é possível encontrar algumas soluções para que seu filho esteja com tudo em dia para começar as aulas sem desfalcar o orçamento da família.

Doação de materiais em bom estado

Existem materiais escolares que podem ser facilmente trocados com outros alunos, pois é muito comum que no fim do ano letivo não se tenham utilizado todos os cadernos, lápis e canetas. Com isso, os estudantes do 6º ano ao Ensino Médio da escola Lourenço Castanho, em São Paulo, vêm desenvolvendo o projeto DOAR, que tem como fundamentos Ganhar, Planejar, Gastar, Poupar e Doar.

As trocas de materiais escolares ainda em bom estado por materiais novos são um dos exemplos adotados na unidade de ensino. Por isso, caso os alunos e suas famílias, desde a Educação Infantil até o 3º do Ensino Médio, optem pela modalidade, eles levarão os itens pré-definidos no primeiro dia de aula. Os produtos serão recolhidos, separados, organizados e doados para a Escola Estadual Padre Saboia de Medeiros, localizada na Chácara Santo Antônio, zona sul de São Paulo.

Ensinar o reaproveitamento para as crianças é de extrema importância (Foto: Pexels)

“Assim, além de solidariedade, demonstramos ainda aos alunos um dos conceitos da economia circular, que certamente contribui para a formação de cidadãos comprometidos com a preservação ambiental”, explica a professora e doutora em Educação da instituição particular, Cristina Tempesta.

O Colégio Marista Arquidiocesano também entrou nessa onda de sustentabilidade e está promovendo a solidariedade. Localizada na capital paulista, a instituição está realizando uma campanha interna de arrecadação de uniformes e materiais paradidáticos em bom estado. Caixas estão sendo disponibilizadas nas portarias do colégio para que os interessados em participar possam depositar esses materiais. O objetivo é doar o montante arrecadado para as Maristas Escolas Sociais, localizadas também em São Paulo.

De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, do instituto – Lilian Gramorelli, aprender a reaproveitar também é um aprendizado para praticar um consumo mais equilibrado. “São pequenos hábitos, como fazer a manutenção do material escolar ao longo do ano para que possa ser reaproveitado. Isso vale também para o uniforme, item indispensável em muitas escolas”.

Como gastar menos na compra de material escolar

Além de reaproveitar materiais que não foram utilizados no ano anterior, há algumas outras dicas que podem ajudar a diminuir os custos no volta às aulas.

1. Compre somente o essencial

As escolas costumam ter um planejamento e já sabem antecipadamente o que será utilizado nos primeiros meses de aula. Assim, é possível garantir esses materiais essenciais e deixar para comprar o restante para nos próximos meses. Dessa forma, aumenta-se a chance de economizar, pois com o passar do tempo as lojas diminuem os preços de  muitos dos itens.

2. Reutilização de materiais antigos

As crianças costumam não utilizam todos os objetos, ou mesmo os usados estão em bom estado. Com isso, esses itens podem ser reaproveitados e os pais economizam um pouco, além de não impactarem o ambiente negativamente.

3. Pesquisa de preços

Uma das principais formas de poupar é pesquisar preços em variadas lojas, tanto físicas, quando onlines. Isso tudo porque pode existir uma variação de preço grande entre os comércios e com isso é mais fácil saber a diferença de custos entre os locais de compra.

4. Compras coletivas e sebos

Os descontos com essas opções são garantidos! Se juntar a outros pais para formar um grupo grande e comprar no atacado, tem como encontrar preços reduzidos, ou até mesmo procurar em sebos materiais didáticos em bom estado, tudo isso ajuda a pagar menos.

5- Conversar com as crianças é essencial

Antes de fazer as compras, seja online ou presencial, é superimportante conversar antes com o seu filhosobre o orçamento da família para que não haja nenhum tipo de frustração tanto pelo lado da criança, como dos pais. Além disso, fazer um planejamento ajuda a não se deixar levar pelo impulso e não gastar mais do que deveria.

6- Planeje-se

Apesar da dica parecer clichê, ela é fundamental para a organização financeira da família. Então, antes de começar as compras tenha em mente exatamente o que precisa ser adquirido, o que pode ser reutilizado e ainda o que será comprado mais para frente para não comprometer o orçamento.

É preciso incluir o hábito no orçamento da família (Foto: iStock)

Na hora de realizar o pagamento, o ideal é sempre negociar como se fosse pagar à vista, mas depois buscar por um parcelamento sem juros nas mesmas condições, mas sempre com parcelas que caibam no bolso para não comprometer as finanças por vários meses.

7 – Compre online

Um bom jeito de se planejar e economizar, é comprando o material escolar do seu filho online. Assim, você consegue comparar preços de um jeito muito mais fácil, e ainda recebe tudo direto da sua casa. Além disso, comprando pela internet fica mais difícil do seu filho cair na tentação de querer algo que viu na loja e assim você não faz compras por impulso. Na Amazon, existe uma página especial com praticamente todos os produtos que você vai precisar comprar para o material escolar do seu filho, desde canetas, cadernos e até mesmo tablets e computadores. Ainda é possível encontrar itens com descontos, vale a pena dar uma olhada para economizar ainda mais nessa volta às aulas.

Quem é seu filho na hora de abrir o presente? Vem ver o vídeo do projeto #RirEBrincarÉSóComeçar e conta pra gente!

*A Pais&Filhos pode receber uma parcela das vendas pelos links da Amazon recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas das lojas não influenciam os critérios de escolha editorial. Os preços e promoções indicados na matéria foram verificados no dia da publicação, mas podem sofrer alterações sem aviso prévio no site indicado.


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Menino de 1 ano m0rre após caso de descaso médico: "Tentei esquentar o corpo do meu filho morto"